Projeto é retirado de pauta após debate em Plenário

12 de março de 2020

S. S. PARAÍSO – A deliberação sobre o projeto de lei que garante 1/3 da jornada dos professores municipais fora da sala de aula gerou amplo debate na sessão ordinária desta semana na Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso, culminando na retirada do projeto da pauta para adequações.A discussão começou quando iria ser votado o parecer com emendas modificativas das comissões de Finanças, Justiça e Legislação e Educação e Saúde. Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso – Sempre, a proposta seria prejudicial à categoria.Atualmente, os professores trabalham 20 horas em docência e cinco horas em outras atividades pedagógicas extraclasse. O projeto enviado pelo Executivo propunha 16h40 em sala de aula e 8h20 em outras atividades. Dessas 8h20, 4h20 seriam cumpridas em local de livre escolha de professor e 4h na escola.