Procon registra apenas três denúncias na Black Friday

1 de dezembro de 2020

O procon de passos registrou somente três denúncias de irregularidades nos produtos comprados em oferta. / Foto: Divulgação

PASSOS – A última semana foi marcada pelas promoções da Black Friday, e o Programa de Defesa do Consumidor (Procon), vinculado à prefeitura de Passos, registrou somente três denúncias de irregularidades nos produtos comprados em oferta. Para evitar problemas nos dias de promoção, o órgão divulgou algumas orientações aos clientes, indicando que os anúncios fossem bem observados, especialmente em ambientes virtuais.

Conforme explica Gabriela Marques Lemos, coordenadora do Procon Municipal de Passos, a maior quantidade de denúncias costuma surgir durante o mês de dezembro, já que, ao longo do tempo, as mercadorias passam a apresentar problemas ou não correspondem ao que foi divulgado pela empresa. Ela também destaca que, embora não tenha ocorrido nenhum caso de preços abusivos no município, o ideal é que as pessoas comecem a fazer pesquisas de mercado para identificar se os descontos são reais ou ilusórios.

Utilizamos os registros da nota fiscal para saber se as mercadorias foram adquiridas em período de Black Friday e, assim, tomamos as providências necessárias. No entanto, de modo geral, esta época costuma ser bem tranquila por aqui e o Procon só é acionado quando o próprio consumidor não consegue resolver o problema. Então, fazemos nosso trabalho da melhor forma possível para que ninguém tenha prejuízos. Muitas empresas usam este momento para ludibriar os clientes, no entanto, outras realmente oferecem descontos e melhores condições para compra. O ideal é observar os preços e produtos”, salientou Gabriela.

Logo após a averiguação das queixas, as empresas são notificadas e recebem um prazo para efetuar a regularização dos produtos ou preços, de acordo com cada situação. Caso isso não ocorra, as ações podem ser convertidas em processos administrativos por não cumprimento à ordem de órgão público e/ou por desobediência. Com a confirmação das possíveis irregularidades, os documentos são encaminhados para a apuração do Ministério Público de Minas Gerais.

O registro de qualquer tipo de denúncia junto ao Procon pode ser realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, por meio do telefone (35) 3522-7086. Devido aos protocolos de segurança para conter a disseminação do novo coronavírus, o atendimento deve ser agendado – ou feito de forma remota – pelo www.aplicacao.mpmg.mp.br.

LEIA TAMBÉM: Bombeiros fazem visita especial a criança em Passos