PM surpreende ‘tribunal do crime’

Suposto 'tribunal' era composto por membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para julgar um suspeito pelo assassinato do adolescente Marcos Felipe Gonçalves, de 16

8 de janeiro de 2020

 PASSOS – A Polícia Militar prendeu, na noite de segunda-feira, 6, 13 pessoas e apreendeu um adolescente, de 14 anos, que estariam em um suposto “tribunal do crime”, formado por membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), para julgar um suspeito pelo assassinato do adolescente Marcos Felipe Gonçalves, de 16, morto com um tiro na cabeça no dia 29 de dezembro. O crime ocorreu no bairro Nossa Senhora Aparecida e Felipe possuía passagens pela polícia.  Segundo informações da PM, a corporação recebeu a informação que o “tribunal” estaria acontecendo em uma chácara, localizada na rua Canjeranus, no município de Passos. O objetivo, segundo a PM, seria fazer o justiçamento de um suspeito pela morte de Felipe. Ao serem surpreendidas pela PM, as pessoas que estavam no local fugiram, mas 14 delas foram abordadas, inclusive o suspeito pelo assassinato de Felipe. Os policias também apreenderam um revólver calibre 38, com quatro munições.