Piumhi terá alterações no trânsito

31 de janeiro de 2020

Foto: Reprodução                    A Secretaria de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana de Piumhi informou que a partir do dia 10 de fevereiro serão efetuadas alterações no trânsito da cidade, com objetivo de melhorar a segurança dos motoristas e pedestres, e em especial para facilitar o trânsito das ambulâncias do Corpo de Bombeiros (CBMMG), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que necessitam de acesso direto para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Santa Casa da Misericórdia de Piumhi.A mudança será realizada na Rua Tereza Hostalacio entre as ruas Raul Soares e Armando Viotti, onde o fluxo de carros será direcionado no sentido Armando Viotti (ao contrário do sentido atual). Essas alterações acontecerão para facilitar as rotas de emergência com vítimas, a pedido dos Bombeiros, que solicitaram a inversão da mão da via, para que possam utilizar a rua Tereza Hostalácio como acesso rápido em direção ao pronto-socorro; considerando os inúmeros atendimentos realizados pelo pelotão às vítimas de acidentes na MG-050 e outras situações ocorridas na região sul do município. De acordo com o 3° Pelotão de Bombeiros Militar de Piumhi, o benefício maior está centrado na diminuição do tempo de chegada da vítima ao atendimento hospitalar e, consequentemente, o significativo aumento de taxa de sobrevida e diminuição de possíveis sequelas advindas de ferimentos, com reflexo positivo do trabalho conjunto do CBMMG e da Prefeitura Municipal.Após uma reunião entre o tenente Gavioli e representantes da Secretaria de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, estão sendo estudadas como rotas emergenciais as ruas Getúlio Vargas, no entorno da Praça Centenário, até a Praça da Santa Casa, onde será usada como rota emergencial para vítimas. Já a rua Dom Pedro ll, para facilitar o atendimento de ocorrências, e rapidez para chegar aos bairros como Nova Brasília, Lagoa de Trás, Américo Arantes e São Judas, onde as ruas citadas possivelmente terão seus fluxos em mão dupla. “Estamos trabalhando em prol do melhor para a população, e sabemos que algumas mudanças no início não serão bem vistas por alguns, mas em longo prazo a população entenderá o porquê das mudanças”, destacou o Diretor de Trânsito e Mobilidade Urbana, Wallace Franklin Júlio Santana.Já o Secretário de Transporte Trânsito e Mobilidade Urbana Maurício Silva disse que: “nosso principal objetivo é fazer o melhor para a população, e mudanças no transito são necessárias para melhorar a qualidade e segurança em nossas vias que tem um número considerável de veículos em circulação”. Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros, Vagner Gavioli, a principal motivação da solicitação dessa mudança é agilizar o atendimento da vítima para que ela possa ser atendida o mais rápido possível não acarretando sequelas.