Passos tem um caso suspeito de coronavírus

10 de março de 2020

PASSOS – Passos é a segunda cidade da região a registrar um caso suspeito do novo coronavírus. De acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) na tarde de ontem, a cidade aparece na lista das 161 notificações de suspeitas da doença no Estado. Além de Passos, Paraíso também tem um registro de caso em investigação. Em Minas, até a tarde de ontem, apenas um caso da doença já havia sido confirmado, de uma mulher residente em Divinópolis.O boletim divulgado pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coes Minas Covid-19), aponta que 28 suspeitas do novo coronavírus foram descartadas em Minas. A SES não detalhou as informações sobre o caso em investigação em Passos. Em São Sebastião do Paraíso, a suspeita foi registrada no dia 1º de março em uma mulher jovem, com cerca de 30 anos, que foi atendida em um hospital particular da cidade.De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, a mulher havia viajado à Europa e apresentava sintomas de gripe e resfriado. Ela está sob cuidados da equipe de Vigilância em Saúde do município até completar o período de incubação de 14 dias, segundo o secretário municipal de Saúde, Wandilson Aparecido Bicego.Nas regiões Centro-Oeste e Sul de Minas, Varginha é o município com o maior número de notificações sobre a doença (7), seguido por Divinópolis (que tem quatro suspeitas e uma confirmação), Três Corações (2) e Alfenas, Passos, Paraíso, Pouso Alegre, Formiga e Lavras, com um caso suspeito cada. Caso confirmado Em Divinópolis, segundo informações da SES-MG, uma mulher, de 47, é o primeiro caso confirmado da doença em Minas. Ela esteve em viagem à Itália entre 20 de fevereiro e retornou ao Brasil no dia 2 de março. A paciente apresentou sintomas com mialgia e coriza, no dia 5, e o diagnóstico da doença foi confirmado neste domingo, 8. No Brasil, até a tarde de ontem, o Ministério da Saúde já havia confirmado 25 casos de infecção pelo novo coronavírus, sendo 21 em pessoas que estiveram no exterior e quatro por meio de transmissão local.