Passos lidera ranking de casos de Influenza e H1N1 na região

23 de março de 2020

PASSOS –O levantamento divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) apontou o município de Passos como a cidade da região com mais registros de casos e óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), causada por diferentes etiologias, como Influenza e H1N1. Entre os anos de 2018, 2019 Passos registrou sete casos e três óbitos.Em 2018 o estado registrou 351 casos. Destes, quatro aconteceram em Passos. Em seguida, estão as cidades de Carmo do Rio Claro, Formiga e Pratápolis, com dois casos de SRAG. Os municípios de Cássia e São José da Barra também aparecem no levantamento, com apenas um registro. Já Belo Horizonte se revela como o território mineiro de maior incidência em 2018, com 54 casos. O ano de 2019 apresentou um aumento de 29% sobre a ocorrência de SRAG em Minas Gerais, totalizando 453 casos. Os óbitos também mantiveram o crescimento, com 106 no Estado. Piumhi e Passos tiveram uma morte, cada.Em 2020, por enquanto, não há registros de casos em municípios da região. Em minas, são, até o momento, 29 casos e quatro óbitos por SRAG.