Pacheco pede que PF apure desvio da água de Furnas

6 de março de 2020

BRASÍLIA – O senador Rodrigo Pacheco vai solicitar, ao Instituto de Criminalística da Polícia Federal, uma perícia para apurar se o baixo nível da Represa de Furnas, no Sul e Sudoeste de Minas Gerais, deve-se ao desvio da água do lago para ser usada no abastecimento da hidrovia Paraná-Tietê, em São Paulo. A decisão foi tomada pelo senador, que presidiu audiência pública, nesta quinta-feira (5), diante da falta de respostas conclusivas dos representantes do setor elétrico sobre o tema levantado.Desde o ano passado, o senador questiona o Operador Nacional do Sistema (ONS) os motivos pelos quais a represa mantém níveis baixos de água, mesmo com Minas Gerais recebendo grande volume de chuva nos últimos meses. Uma das justificativas oficiosas aponta que a água de Furnas estaria abastecendo a hidrovia Paraná-Tietê, em São Paulo.“A audiência de hoje foi muito enriquecedora, só que ela não fez chegar a uma conclusão precisa do porquê o nível da água de Furnas está tão baixo. Por isso, vamos avançar para uma perícia do Instituto de Criminalística da Polícia Federal, que tem uma equipe técnica muito boa, e vai nos dar essa resposta com exatidão”, disse o senador.