Opinião: A gratidão

A GRATIDÃO É A BOA CONQUISTA APÓS DURAS LUTAS

27 de janeiro de 2020

A gratidão não é um conjunto de palavras bonitas, soltas no vazio, em prol de um benefício recebido. 

É mais que isso.
A gratidão é ato solícito e generoso na contrapartida de ajudanpremente.
A gratidão não é um jogo de dados para jogar, ganhar ou perder. É mais que isso.
A gratidão é fonte de bondade no resguardo da cultura do amar e amado ser.
A gratidão não é um riso fácil e falso na permuta de um negócio.
É mais que isso. A gratidão é rio que desce e sobe macio, ao encontro do abraço do mar.
A gratidão não é um toma-lá-dá-cá em atrevidas relações de interesse mercadológico. 
É mais que isso.
A gratidão é brisa de frescor em procelas, quando não há mais o que fazer.
A gratidão não é uma troca de resultados para o mal ou benquerer.
É mais que isso.
A gratidão é a boa conquista após duras lutas de um boxer.
A gratidão não é um mistério insondável de vida de infinito
anoitecer.
É mais que isso. 
A gratidão é um sopro vivo e suave de um coração que, ao receber dádivas, toca suavemente o outro, no mais profundo do seu ser.
A gratidão não é o abraço físico apertado, no comum se dá, sente,
e se vê.
É mais que isso.
A gratidão é a calma do olhar, rumo ao infinito, na oração de almas, pra valer.
A gratidão não está em premissas matemáticas, em balancetes de caixa, no apontar para recolher.
É mais que isso. 
A gratidão está no retilíneo da forma, no recheio do corpo, bem-vindo querer.
A gratidão não está na suntuosidade de tapetes persas, para desfile e passagem de estranhos seres.
É mais que isso. 
A gratidão está no olhar aceso de bondade, a custo nenhum, não importa o jaez.
A gratidão não está na apelação de ato de vontade, no comércio vil, o muito que se vê.
É mais que isso.
A gratidão é o amor sem queixas, ofertado com ânimo de prazer.
A gratidão não é a dação de ofertas e bens materiais, dos mais ricos, no mercado frio de valores.
É mais que isso.
A gratidão é a fina transparência do aceno amigo e grato, que da alma emana, em busca do outro, sem nada querer.
Gratidão não é coisa por coisa, cobrança de atos, o ter pelo ser.
A gratidão é benção por ato de amor, e por
si basta. 
Pois…
Gratidão está no alto, em sagrado auto; por tal, qualidade excelsa, gesto de fazer.
E, por dever de outra mão, não vir a saber.