Moradora que caiu em canteiro contesta medidas de segurança

Tá Danado!

21 de fevereiro de 2020

Uma moradora local, Célia Zaghi Borges Fernandes Barnabé, de 57 anos, procurou a Folha quando teve uma queda em um canteiro na avenida Francisco Avelino Maia que, segundo ela, não viu o buraco devido o mato alto e sofreu lesões ao cair no buraco ali escondido.

A Folha reportou o caso e publicou a resposta da Prefeitura. “A Prefeitura municipal, por meio da Secretaria de Obras, irá até o local para fazer os devidos reparos, mas adverte que o local em questão não é próprio para a travessia de pedestres, pois há dois pontos da avenida que são próprios para os pedestres”.

Célia, no entanto, voltou a reportar à Folha que foi até o local e não localizou nenhuma faixa de pedestre, além de falar sobre a necessidade do canteiro para o pedestre. “Se eu estaciono o meu carro ali e desço no canteiro, eu já estou sujeita a cair nos buracos. E quando estou no canteiro e tenho que passar para o outro lado da rua, não encontro nenhuma faixa de pedestre ou algum lugar próprio para travessia de pedestre, conforme a Prefeitura respondeu”, comentou Célia.

A equipe da Folha foi até o local em questão e questionou os moradores e pedestres, que disseram nunca ter havido uma faixa de pedestres ali. Segundo Célia, a necessidade de um cuidado maior é essencial para que não haja nenhuma queda ou acidente com outras pessoas. “Todo mundo tem que passar no canteiro para atravessar até o outro lado. Ter buracos e ainda dizer que caí porque não era adequado para pedestre e que havia locais próprios foi como se eu fosse a culpada. A necessidade da faixa é tanto quanto tapar os buracos”, finalizou Célia.

 

A Prefeitura solicitou a faixa de pedestres

 

A Prefeitura Municipal de Passos informa que há, nas proximidades, faixas de pedestres, mas que já solicitou ao Departamento de Trânsito Municipal para colocar uma nova faixa perto da academia, conforme a reclamação. Sobre o buraco que ocasionou a queda, a administração municipal respondeu que a equipe da Secretaria de Obras irá até o local nesta semana solucionar a situação.