Meio Ambiente: Programa Bandeira Azul

13 de fevereiro de 2020

Nos meses de dezembro e janeiro as praias brasileiras ficam lotadas, porém nem todos os turistas se preocupam com a preservação do local. A maioria das praias já se encontram impróprias para banho ou ficam imundas após a passagens de turistas do mundo. Para que algumas praias, que são verdadeiros paraísos a céu aberto, continuem limpas e com sua vegetação e características naturais preservadas, criou-se a certificação chamada bandeira azul.

No site oficial do programa Bandeira Azul a definição está descrita assim: “Bandeira Azul é um dos rótulos ecológicos voluntários mais reconhecidos no mundo, concedido a praias, marinas e embarcações de turismo. Para se qualificar para a Bandeira Azul, uma série de critérios ambientais, educacionais, de segurança e de acessibilidade devem ser atendidos, mantidos e comprovados anualmente.”

 

Certificação

 

No Brasil o Programa Bandeira Azul é representado pelo Instituto Ambientes em Rede (IAR), membro da FEE (Foundation for Environmental Education, fundação que objetiva a educação ambiental) desde 2005. Os critérios para certificação das praias são educação e informação ambiental, qualidade da água, gestão ambiental e segurança e serviços. Estes são avaliados a cada ano e caso a praia não atenda aos requisitos pode perder a bandeira.

Uma pessoa responsável na estrutura do município deve ser designada para tratar de questões relacionadas ao Programa Bandeira Azul. Após a inscrição a praia estará disponível para inspeções, que podem ser previamente agendadas ou não, pela FEE e pelo Coordenador Nacional (IAR).
Praias

 

O programa visa preservar as características naturais das praias evitando também o crescimento desordenado de construções em seu entorno e o uso indiscriminado do local, mas sem restringir o acesso, apenas fazendo o controle de acordo com o fluxo de pessoas. Existe uma quantidade limitada de vagas nos estacionamentos, que após chegarem a lotação máxima, o acesso é fechado, somente seguindo a pé para chegar a praia propriamente dita.

 

VANESSA DA SILVA REIS é Engº Ambiental em Passos