Mais de 14 milhões não trabalham na área em que se formaram

6 de janeiro de 2020

PASSOS — Levantamento realizado pelo centro de Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) mostra que 14,15 milhões de brasileiros com certificação profissional não encontram um trabalho na sua área de formação. O número significa que essas pessoas exercem funções distintas das de sua graduação ou estão desempregadas, e que o país não tem conseguido absorver todos os trabalhadores especializados.No caso dos cursos superiores, quatro milhões de pessoas que concluíram a faculdade não possuem trabalho. Nesse sentido, a taxa de desemprego é de 6% entre a população com ensino superior completo. Ainda conforme o Pnad, há cinco anos, o total de trabalhadores que frequentaram a universidade começou a superar a quantidade de vagas disponíveis.