Mãe produz óculos para bebês cardiopatas

4 de janeiro de 2020

PASSOS – Ainda que o coração sofra e o único desejo seja receber alta e ir com o filho nos braços para casa, alguns tratamentos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) são mais longos e, por isso, para desfocar os pensamentos voltados à doença, é comum que as mães e/ou acompanhantes busquem alternativas para enfrentar o dia a dia em um hospital.Na última semana, comprovando esse recorrente cenário, uma atitude chamou atenção das enfermeiras e coordenadoras da UTI Cardio da Santa Casa de Misericórdia de Passos. Embora tenha deixado sua cidade natal, Poços de Caldas, e seus outros três filhos e marido há quase um mês para acompanhar os tratamentos do filho mais novo, que foi diagnosticado com cardiopatia antes mesmo de nascer, aos 22 anos, a jovem Jéssica de Sousa Flora encanta todos ao seu redor com a sua fala mansa e seu belo sorriso.