Leitor: Gilberto Almeida

2 de dezembro de 2019

Meu nome é Denise Silva Salgado Reis, sou arquiteta e urbanista, atuante na cidade de Passos, portanto, Cidadã Passense. E venho, através desse e-mail, fazer uma reclamação contra o colunista da Folha da Manhã, Gilberto almeida, em referência à sua Coluna no Jornal, do dia 27/11/2019, intitulada "Na vida pública, não faça o que faz na privada".

Li o conteúdo dessa coluna e, como eu ainda vivo em uma democracia, estava certa que o meu direito à Liberdade de Expressão era garantido. Fiz um comentário, que nem foi no facebook, foi no meu grupo de whatsapp politizados, portanto, é um grupo restrito,com 30 membros, que não tem a visibilidade que o jornal e o facebook têm.

Critiquei o colunista da Folha da Manhã, e nem foi da mesma forma que o Colunista costuma tecer suas críticas, com tantos termos pejorativos. Apenas disse que achei desrespeitoso o Gilberto Almeida se referir à nossa Instituição Prefeitura Municipal de Passos como "Cortiço do Rosário"!

Tratando-se de uma crítica realizada pelo Colunista em um Jornal de grande circulação em Passos e de grande credibilidade, acredito eu que o Colunista deveria estar da mesma forma aberto às críticas a seu respeito e à sua coluna também, uma vez que, vivemos em uma Democracia, e quando você se expõe, está sujeito a comentários positivos da mesma forma que está sujeito também a comentários negativos!!!! Ninguém é obrigado a concordar com ninguém!!!!

No entanto, mesmo se tratando o whats de um grupo restrito, meu comentário foi printado e encaminhado ao colunista da Folha da Manhã, que de forma desproporcional e com muitas mentiras e com vários termos pejorativos, foi publicamente a um grupo de facebook com mais de 14mil membros e condenou duramente e desrespeitosamente o meu modo de pensar atribuindo a mim o termo pejorativo e ofensivo "choldra"!!!! (segue em anexo o print do comentário dele referente a mim.

Por se tratar de um colunista da Folha da Manhã, que é um veículo de Imprensa e sabido que a Imprensa sempre combate a Censura e defende a Liberdade de Expressão, gostaria de ser tratada também com respeito e com os mesmos valores defendidos pela Imprensa Brasileira!!!! Foi através da Folha da Manhã que tomei ciência do conteúdo dessa coluna, e por se tratar de um Colunista do Jornal, considero o Jornal co-responsável pelas atitudes de seus jornalistas.

Observo também que na sua desmedida explicação quanto ao termo cortiço, o Colunista está atestando como Engenheiro Eletricista que o Prédio da Prefeitura está com risco iminente de incêndio, portanto, como cidadão e profissional responsável, esse senhor deveria, ao invés de ir pra rede "anti-social", deveria fazer por escrito uma denúncia e solicitar vistoria ao Órgão responsável pela segurança das edificações, o Corpo de Bombeiros. E gostaria de dizer também, em referência ao título da sua coluna: " Não faça no jornal, o que você faz na privada."

Quero deixar registrada aqui a minha indignação e reclamação quanto à falta de respeito que o seu colunista trata cidadãos passenses que são contrários às suas críticas, destacando o seu caráter nada profissional e nada democrático!!! Gostaria, ainda, de uma retratação do colunista da Folha da Manhã.

Sem mais, agradeço a atenção e coloco-me à disposição para qualquer esclarecimento.

Denise Silva Salgado Reis – Passos/MG