Justiça volta a bloquear ativos de acusados

9 de dezembro de 2019

PASSOS – O juiz de direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Passos, Mateus Queiroz de Oliveira, decretou, na última terça-feira, 3, uma nova indisponibilidade de ativos, dinheiro em depósito ou aplicações financeiras de empresas e empresários passenses, no limite de R$13.878.636,61. A ação foi proposta pelo Ministério Público, órgão que, em setembro, também havia solicitado o bloqueio à juíza da 2ª Vara Cível, com intuito de dar seguimento à operação Sacripanta, que confere a prática de atos lesivos à administração pública.