HB20 ganha visual mais esportivo

7 de fevereiro de 2020

O novo Hyundai HB20 mal chegou às lojas e ganhou uma nova versão A montadora está lançando o modelo Sport, com apelo visual que remete à esportividade. Ela substitui a versão R-Spec do HB20 anterior. O modelo começa a ser vendido no dia 17 com preço sugerido de R$ 70.990.

Sob o capô, a única opção de motor é o 1.0 turbo, flexível de até 120 cv e 17,5 mkgf. Esse motor tem injeção direta e vem acoplado à transmissão automática de seis velocidades. A Hyundai informa que não tem planos de criar um HB20 Sport manual.

Seus diferenciais são apenas estéticos. Saias laterais, rodas diamantadas de 16 polegadas, spoiler na tampa do porta-malas, capa dos espelhos e grade em preto brilhante. Não há moldura cromada.

A antena do teto é do tipo “barbatana de tubarão” e na coluna traseira há o nome da versão estampada. O hatch ganhou ainda detalhes vermelhos nos para-choques para as carrocerias nas cores branca, prata ou cinza. No caso da carroceria vermelha, os detalhes dos para-choques vêm no tom cinza.

Por dentro, ele traz bancos de couro e tecido com costura vermelha. O mesmo acabamento está na alavanca de câmbio e no volante. Os pedais são de alumínio.

 

Evolution é a base

 

A base do HB20 Sport é a versão intermediária, Evolution. De série, ela traz central multimídia com tela de 8 polegadas e integração com Android Auto e Apple CarPlay. Há ainda ar-condicionado digital, volante com ajuste de altura e profundidade e controle e limitador de velocidade. O volante tem borboletas para trocas manuais de marcha.

Ele traz também controles de tração e estabilidade e assistente de partida em rampa, mas apenas dois air bags. Item exclusivo da versão Sport na linha HB20 é o carregador de celular por indução, que até então era oferecido apenas no Creta Prestige, de topo.

O escolhido para equipar o HB20 Sport é o motor 1.0 turbo já visto em outras versões do carro. Ele é uma evolução do antigo 1.0 turbo da família Kappa, de 105, mas evolui para 120 cavalos de potência e 17,5 kgfm de torque garças a chegada da injeção direta e outras melhorias.

O modelo tem, entre outros itens: sensores de estacionamento traseiros, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, ajustes de altura e profundidade, ar-condicionado digital e quadro de instrumentos digital.

Ele traz como novidade, no entanto, o carregador de celular sem fio no console central. Sua central multimídia é do tipo flutuante de 8 polegadas, que tem conectividade com Apple Car Play e Google Android Auto. Apesar do pacote recheado, a versão ficou devendo sistema “start-stop” e a chave do tipo presencial.

“Não é um hot hatch, é um carro para usar na cidade”, afirmou Rodolfo Stoppa, gerente de produto da Hyundai ao apresentar a nova versão Sport para linha HB20 2020. A novidade chegará para complementar a gama do hatch e, custando R$ 70.990, ficará entre as atuais versões Evolution 1.0 turbo e a Diamond 1.0 turbo.

Como a Hyundai deixou claro desde o início, o HB20 Sport não é um modelo para brigar com esportivos como Renault Sandero RS e VW Polo GTS. Ele traz uma série de alterações visuais e alguns acabamentos extras exclusivos para aqueles que precisam de um bom carro urbano, mas com o apelo de um esportivo. A própria marca está comparando esse novo produto mais ao Fiat Argo HGT.

Em de onde vem esse apelo? O HB20 Sport, por fora, traz alguns elementos exclusivos dessa versão, como os frisos na porção inferior dos para-choques pintados de vermelho (se o carro for vermelho, os frisos são de cor cinza), grade frontal com acabamento em preto brilhante, rodas de 16 polegadas com acabamento diamantado, antena de teto reduzida (tubarão), saias laterais exclusivas pintadas de preto, aerofólio traseiro mais pronunciado, espelhos pintados de preto, peça imitando um difusor na traseira e logotipo Sport na coluna C.

Por dentro, o carro recebeu costuras vermelhas nos bancos, volante e alavanca de câmbio. As pedaleiras também são novas e de alumínio. Falando em cabine, o HB20 Sport traz mais alguns equipamentos de série na comparação com a versão Evolution 1.0 TGDI. Na Sport, acrescenta-se ainda o apoio de braço central entre os bancos dianteiros, revestimento parcial de couro para os bancos e carregador sem fio para smartphones no console central.