Gerentes do Hemominas são exonerados

6 de fevereiro de 2020

PASSOS – O Núcleo Hemominas de Passos atende a 16 cidades e, desde o fim de dezembro, vem sendo alvo de reclamações por parte dos usuários, uma vez que, segundo a diretoria, há falta de funcionários e de insumos, o que vinha causando transtorno aos doadores de sangue da instituição. Quem trabalha na Fundação Hemominas aponta que, por falta de repasse de verbas do governo do Estado, o Centro de Hematologia estaria sem dinheiro para compra de itens básicos, como copos descartáveis. Ontem, 5, a presidente da Fundação Hemominas, Júnia Guimarães Mourão Cioffi, realizou reuniões com a administração municipal e com servidores do órgão, quando foram exonerados o gerente Flávio Ribeiro Campos e o gerente administrativo Francisco Antônio Fornari.De acordo com a presidente da Fundação Hemominas, a principal função da sua visita foi falar com os parceiros, que são a Prefeitura e a Santa Casa de Passos, o Legislativo, os servidores, e reforçar para os doadores a importância da ampliação do atendimento. “As mudanças são várias e, tanto Flávio quanto Francisco estavam há muito tempo na fundação, e chega um momento em que os que trabalham há tempos precisam e é normal que queiram sair. Tivemos apoio para a recomposição da unidade e apoio aos servidores”, disse.