Excesso de buracos causa queda em motociclista

27 de janeiro de 2020

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A rua Vitória com a rua Pará, no bairro Colégio de Passos, se concentra cheia de buracos e pedriscos, o que gera indignação dos moradores locais, mas o que aumentou as reclamações foi o fato de um motociclista ter caído. Segundo um morador, é impossível a situação do local, não tem mais tranquilidade em fazer coisas comuns como atravessar a rua ou passar com o carro. “É mais uma reclamação de buraco sim, o jornal está cheio disso, mas se não fazem nada, vai continuar desse jeito até resolverem. Nunca vi isso, prefeito sabe que tudo está ruim, ensaia a mesma resposta para todas as reclamações e nunca soluciona nada definitivo?”, indagou um morador.
 
Ainda devido reclamações, os moradores esperam o dia em que a rua estará em boas condições para que possam circular por ali normalmente. “Se eles não resolverem isso com o tal financiamento que fizeram para tapear buracos, isso vai ser resolvido apenas quando for eleição e o prefeito atual sair e der lugar para alguém que tenha consciência de não deixar a própria cidade em que governa, totalmente desgovernada, aí sim. Queremos que o dinheiro do imposto sirva para algo em nosso município, porque do jeito que está, é um absurdo”, finalizou o morador local. 
 
Resposta:
A Prefeitura  de Passos informa que em relação ao tapa-buraco, o processo de compra de massa asfáltica está em andamento e, como houve um recurso, esperamos que até a próxima reunião da comissão de licitação, essa questão esteja solucionada para que possamos iniciar o mais rápido possível os serviços. A respeito das condições das vias, este problema não é uma exclusividade do município de Passos, uma vez que, os  desgastes são provocados  em decorrência  do tempo e comprometimento causado por  avarias anteriores. Uma outra solução que a administração municipal encontrou,  é o financiamento junto a Caixa Econômica Federal, FINISA, que é um projeto que tem como objetivo, a total recuperação das vias previstas e que foi encaminhado à Câmara Municipal para apreciação e aprovação, tendo sido rejeitado em primeiro momento. Em um segundo momento, reencaminhamos o projeto que foi aprovado e, que aguarda somente os trâmites legais  junto a Caixa,  para ser colocado em prática.