Economista orienta sobre ceia de Natal

20 de dezembro de 2019

PASSOS – A menos de sete dias para a celebração de Natal, consumidores se preparam para organizar a tradicional ceia em família. Entre variados produtos disponíveis para o período, a economista Ludmila Duarte lembra que, nesta fase, planejar-se é fundamental para não ter grandes despesas e acabar com as finanças prejudicadas no fim de ano. “Esse é um dos períodos em que enfrentamos o que é chamado de sazonalidade, essa afeta diretamente o mercado e então o bolso do consumidor. Produtos procurados para a ceia de Natal ficarão mais caros devido ao período sazonal e também ao aumento de demanda. Para fugir de preços altos causados por esse período, é recomendável que o consumidor faça suas compras antecipadas. Outra dica para enxugar despesas é a procura de produtos substitutos, ou seja, na escolha do vinho importados, opte por produtos nacionais, outro exemplo é o panetone, guloseima muito procurada nessa época do ano, você pode procurar comprá-lo em padarias ou até mesmo se aventurar em experimentar testar receitas”, indicou a economista.