CRM-Passos contesta números

14 de novembro de 2019

PASS’OS — O Conselho Regional de Medicina em Passos (CRM-Passos) contestou os números divulgados pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), a respeito do total de médicos na região. Conforme Eurípedes José da Silva, o delegado regional do conselho no município, o índice divulgado na última edição da Folha, a partir da publicação feita pelo do MPMG, está muito além do que é a realidade atual e, por essa razão, precisa ser revisto. “Para a região, o resultado do levantamento não corresponde aos registros presentes em nosso conselho. Não sei de onde o Ministério Público pode ter tirado um número de médicos ativos tão alto, mas é perceptível e muito clara a discrepância”, considerou Silva.