Crianças realizam sonho de visitar a PM de Passos

5 de março de 2020

Três crianças de Olhos d’Água da Canastra, um distrito do município de Delfinópolis, realizaram o sonho de conhecer as instalações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Passos. Os jovens enfrentaram a estrada de 54 quilômetros sob iniciativa do empresário Vinícius Cabral Alves na manhã da quinta-feira, 27 de fevereiro, e foram guiados pelo 2º sargento do Corpo de Bombeiros Anderson Marcos de Matos e pela soldado PM Elen Leite Resende.

“Me sinto privilegiado incentivando os sonhos deles, é um sentimento de dever cumprido por causa dessa vontade que eles tem em ser policial. Vejo como está difícil a situação para todo mundo, então, se pudermos fazer algo, nada mais que obrigação da gente incentivar”, considerou Vinícius.
Os três amigos são alunos da Escola Municipal Professora Maria Dias Machado. Olavo Vagnel Perciliano, de 11 anos, da 7ª série do Ensino Fundamental II, disse que desde os 7 anos sente essa vontade de ser policial.

“Eu não vou desistir do meu sonho”, reforçou Olavo. Durante o passeio os estudantes visitaram as instalações do Batalhão, do Corpo de Bombeiros e do Tiro de Guerra. “Admiro muito o trabalho de todos eles”, mencionou.

Dentre as atividades do passeio, o que Olavo mais gostou foi andar na viatura da Polícia, conhecer o Batalhão e jogar água, com a mangueira dos Bombeiros. “As duas profissões arriscam a vida para salvar as outras e ficam muito cansados com isso”, descreveu Olavo, sobre as primeiras impressões das profissões.

Olavo detalhou que dos outros dois jovens que o acompanharam, Thalles Henrique Gomes de Jesus é seu amigo e, Mateus Garcia Lopes, seu primo. “Da nossa cidade somos os jovens que mais querem ser policiais e sempre estamos juntos participando de encontros”, contou, acrescentando que produziu alguns equipamentos táticos improvisados, como um colete feito de papelão, um cassetete de vassoura e cabo plástico, enrolado com fita isolante.

Thalles, de 10 anos e aluno da 6ª série do Ensino Fundamental II, recordou que o que mais gostou no passeio foi andar no caminhão dos Bombeiros e na viatura policial. Para ser um bom profissional no futuro, Thalles garante que é preciso estudar muito. “Outra coisa difícil em ser policial é combater o crime”, comparou.

Já Mateus, de 11 anos e também aluno do 6º ano, disse que a parte mais inesquecível foi aprender como se apaga fogo. “Deve ser muito desafiador ser bombeiro quando tem um incêndio muito grande para apagar”, ponderou, pensando no risco à vida do profissional. Embora seu desejo seja se tornar um policial, Mateus afirmou que se admirou muito conhecendo de perto o trabalho dos Bombeiros.

E o empresário Vinícius, que organizou a viagem, disse que dividiu a emoção com os meninos. “Muitas coisas que eu não sabia aprendi com eles, foi um dia gratificante, não só por ter adquirido tantos conhecimentos mas por ter feito um dia especial para os garotos”, declarou.