Condomínios verticais são destaques em feira

DURANTE A PRIMEIRA FEIRA DE IMÓVEIS DE PASSOS, QUE TERMINOU ONTEM, 7, FORAM LANÇADOS SEIS CONDOMÍNIOS VERTICAIS

9 de dezembro de 2019

A Feira de Imóveis de Passos, iniciada na quinta-feira e encerrada ontem, 6, reuniu famílias e empresários interessados em sair do aluguel, investir em um novo terreno ou mudar de residência em um evento que reuniu mais de 50 parceiros do setor imobiliário e construção no Parque de Exposições Adolpho Coelho Lemos. O destaque da Feira, que até às 13h de ontem, tinha gerado R$17,3 milhões em negócios, foram os lançamentos de condomínios verticais (prédios) a serem construídos na cidade de Passos, cujo preço de venda impressionou os presentes por estarem sendo comercializados a quase R$1 milhão.

O idealizador do evento, Marcos Junior de Assis, proprietário da Pontual, comentou que a dinamicidade e tecnologia das empresas parceiras tem sido uma aliada no momento de venda. “O cliente tendo acesso a recursos como banners, mapas, maquetes e até óculos 3D, por exemplo, são fatores que podem facilitar a decisão de compra do cliente, que vai se sentir mais seguro para adquirir algo que seja mais palpável, ao menos visualmente, já que estamos falando de lançamentos”, ponderou.

Para o cliente, Marcos acredita que a Feira tenha sido uma boa oportunidade para “aproveitar as ofertas que imobiliárias e construtoras oferecem, tendo diversas opções para escolha e ainda, podendo negociar, no caso de lançamentos, um preço com custo menor”. Com ofertas variadas, o idealizador do evento comentou que no geral a Feira reuniu opções para todos os bolsos, “desde lotes de R$40 mil até empreendimentos de alto padrão”.

Satisfeito com a repercussão com os três dias de evento, Marcos refletiu que o intuito principal de realização da Feira foi cumprido, que era “reunir todos os parceiros em um local para que cliente final seja o mais beneficiado, com produtos de qualidade e preço atraente”. Os empreendimentos com melhor saída, avaliou o proprietário da Pontual, são os do Programa Minha Casa Minha Vida, “para média e alta renda”.

Lançamentos

Entre os seis lançamentos de prédios, destacam-se o residencial L’Essence, cujas obras iniciaram em janeiro desse ano e a previsão para entrega está calculada para acontecer daqui cinco anos. Sendo um condomínio de alto padrão, os apartamentos medem 220m² e ainda há a opção do duplex com 368m², totalizando 40 apartamentos no prédio.

Com local privilegiado, na Praça Mons. Messias Bragança, a área de lazer, de acordo com o coordenador de vendas Rodrigo Almeida, mais conhecido como Tiganá, “também surpreende”, oferecendo espaço de salão de festas, academia, salão de jogos, brinquedoteca, espaço gourmet, sauna, vestiários, varanda/deck, piscina com borda infinita e quadra de tênis.

“Vai ser o primeiro da cidade com essa magnitude, já que temos 960m² só em área de lazer”, calculou Tiganá. A extensão do empreendimento também se amplifica a outros setores, trazendo ao cliente ainda mais opções nos apartamentos. Nos de 220m², por exemplo, o cliente tem acesso a quatro dormitórios (sendo duas suítes), amplas salas de jantar, TV e estar integradas, living room amplo e completo, varanda gourmet e duas vagas na garagem.

Já nos quatro duplex (cobertura), a estrutura conta com cinco suítes e quatro vagas na garagem. Até sexta-feira, 6, Tiganá comentou que foram realizadas duas vendas do L’Essence, uma de R$860 mil e outra de R$975 mil, e que, “ainda há outras dez negociações esperando aprovação”.

Os parceiros para realização do empreendimento de alto padrão, além de sua comercialização, destacou Tiganá, são a construtora Santiago, a administração da Estrutura Condomínios, o projeto arquitetônico de Nádia Freire e, Toninho Palmares e Juliana Ricardo.

Outro empreendimento realizado pela Construtora Santiago em parceria com a administração da Estrutura Condomínios, e que também é um lançamento, é o edifício Santiago. Com obras iniciadas em outubro e a conclusão prevista para 2023, o prédio está localizado no bairro Jardim Cidade com apartamentos a partir de R$240 mil.

O projeto apresenta uma torre, oito pavimentos, elevador panorâmico e 24 apartamentos de 78,32m², cada um com uma suíte, um dormitório com varanda, banheiro social, sala, copa e cozinha integrados e vaga de garagem coberta. Na sexta-feira, 6, a organização comercial do edifício Santiago comentou que até o momento uma venda de R$285 mil havia sido aprovada e duas negociações estavam em tramitação.