Câmara sanciona lei que autoriza rescisão de contrato com a Copasa

7 de fevereiro de 2020

C.R. CLARO – O projeto aprovado pela Câmara de Vereadores carmelitana, que autoriza o município a rescindir o contrato de concessão de captação e tratamento de esgoto com a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), não foi sancionado pelo prefeito e retornou à Casa Legislativa. Desse modo, coube à Câmara promulgar a lei 2.931/2019.