Ações da Sacripanta devem continuar

11 de novembro de 2019

PASSOS – O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes proferiu decisão no dia 15 de outubro, publicada na última quinta-feira, 7, pelo prosseguimento das ações do Ministério Público de Minas Gerais com relação à operação Sacripanta, que apura fraudes em contratos com o município de Passos, mas cujas investigações estavam suspensas em razão do uso pelos promotores sem a necessária autorização judicial de provas decorrentes de Relatórios de Inteligência Financeira (RIF) elaborado pelo antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).