Geral

Piumhi suspende coleta seletiva e limpeza urbana

24 de março de 2020


PIUMHI – Com o intuito de prevenir a propagação do coronavírus, a Prefeitura de Piumhi, por meio da Secretaria de Agropecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, decidiu suspender a coleta seletiva e a limpeza urbana por tempo indeterminado. Os serviços de coleta de lixo sólido permanecem normalmente.
A coleta seletiva funciona no município desde o início de junho do ano passado, e abrange oito bairros, sempre às segundas e quintas-feiras, das 7h30 às 15h, sendo eles: São Francisco, Bela Vista, Nova Piumhi, Capoeiras, Novo Tempo, Pérola Negra, Residencial Alvorada e Jardim Betel.
Segundo o secretário de Agropecuária Abastecimento e Meio Ambiente, Martiniano Fagundes, está sendo dada toda a atenção necessária às medidas preliminares para frear a pandemia da covid-19, por isso, a suspensão de todo o serviço de coleta seletiva, limpeza urbana e podas de árvores para diminuir o número de servidores expostos ao vírus, permanecendo, dessa forma, somente os serviços essenciais.
Já o diretor do Departamento de Limpeza Urbana Magno de Paula (Gaguinho) afirmou que somente o serviço de Coleta de Lixo Sólido continuará funcionando, normalmente, uma vez que o mesmo é essencial.
“Esperamos que toda a população entenda e apoie nossa decisão, considerando que se trata de um período difícil, no qual as pessoas devem se resguardar e ficar em suas residências para que o vírus não se propague”, disse.
O prefeito Adeberto José de Melo, o Deco destacou que a cidade e o país vivem momentos difíceis, que precisam ser adaptados à realidade. “Sabemos que não está sendo fácil pra ninguém. Todos nós estamos angustiados com este momento atual. Porém, é hora de sermos solidários e pensar no próximo. Somente os serviços essenciais, de extrema urgência, continuarão a ser executados, até tudo passar. Por isso, vamos suspender a coleta seletiva e deixar apenas a coleta de lixo normal, para que menos pessoas saiam de casa e corram riscos”, declarou Deco. Em caso de dúvidas as pessoas poderão ligar no telefone (37) 3371- 9200.