Lingua Portuguesa Destaques

LÍNGUA PORTUGUESA

6 de novembro de 2021

Implantar, implementar

P – Qual a real diferença entre implantar e implementar? Cleide R. Quintas, Santos/SP
R – O primeiro verbo está relacionado a implante ou a plantar/fixar uma coisa em outra; o segundo, a implemento, que significa “aquilo que serve para cumprir ou executar”, relacionado portanto a “apetrechos, execução”. Não encontrei implementar em dicionário da década de 1950 que pesquisei; mas o termo logo foi criado e utilizado para comunicar a ideia de “suprir de implementos, cumprir ou executar”; consequentemente: “levar à prática por meio de providências concretas”.
Já implantar consta em dicionários mais antigos também com o sentido de “inaugurar, introduzir, estabelecer, fixar em”, com exemplos assim: “implantar no mundo uma forma republicana” e “implantar na terra os rudimentos da civilização ocidental”.
Hoje os dicionários registram e abonam o emprego de ambos os verbos com a significação – além da tradicional – de “realizar, colocar em prática, pôr em execução, iniciar e promover o desenvolvimento de”. Desta forma, é lícito falar em implantar moda, regime político, sistema, projeto, programa, condomínio, parque, edifício, e assim por diante. Exemplos dos dois verbos na acepção mais atual:
Além da frágil economia, ele terá que dar uma resposta ao plano de paz do presidente, planejado para ser implementado [executado, levado a efeito] até 2020.
A prefeitura vai implementar [dar início e gerir] programas de saúde nas policlínicas da cidade.
A companhia implantou novo projeto viário nos bairros centrais.
O órgão de trânsito da cidade deve implantar nova sinalização na rua XV.
Justiça Federal implanta Diário online.
Portugal ainda não implantou a reforma ortográfica.
Às vezes não há como fugir do verbo implantar, tão justo é seu encaixe nas situações em que se precisa indicar ao mesmo tempo o “dar início” e o “executar”, ou seja, fazer deslanchar um projeto. Mas também é possível achar-lhe substitutos. Transcrevo abaixo um texto onde consta repetidas vezes o verbo implantar. Para deixá-lo mais leve, sugiro uma intercalação de termos:
Essa modalidade de escolarização começou a ser implantada [introduzida] no Estado de São Paulo na primeira década do regime republicano. Em Santa Catarina, os grupos escolares foram instituídos pela Reforma do Ensino de 1911, sob a direção de pedagogo paulista. Os primeiros grupos escolares implantados no território catarinense se localizaram nas cinco maiores cidades. […] A nova cultura educacional fora implantada [promovida] por O. G., que a partir de 1907 passou a administrar aquela escola. Ele tinha estudado na famosa Escola Normal da cidade de São Paulo e havia implantado e dirigido grupos escolares no território paulista. As mudanças implantadas [realizadas] por ele no Colégio Municipal anteciparam a Reforma do Ensino no início da década de 1910.

MARIA TEREZA DE QUEIROZ PIACENTINI – Diretora do Instituto Euclides da Cunha e autora dos livros “Só Vírgula”, “Só Palavras Compostas” e “Língua Brasil – Crase, Pronomes & Curiosidades”.