Geral

Acordo inédito busca reduzir espera por consultas e cirurgias eletivas

9 de Maio de 2020

S.S. DO PARAÍSO – Acordo inédito assinado nesta sexta-feira, 8, pelos poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, além da Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso, tem o objetivo de assegurar o acesso a serviços de saúde sem que o paciente precise aguardar em longas filas de espera ou recorrer a ações judiciais. O Termo de Cooperação Mútua prevê maior aporte financeiro para a realização de consultas e cirurgias eletivas de média e alta complexidade, com metas mínimas mensais de atendimento à população.

A Câmara de Paraíso será responsável por disponibilizar os recursos financeiros para concretização da iniciativa. O Legislativo irá devolver mensalmente à Prefeitura parte do duodécimo, no valor de R$60 mil. Normalmente, esse repasse é feito no final de cada ano, composto pelos recursos não utilizados pela Câmara.

Apesar do repasse poder ser feito até o 25º dia de cada mês, o presidente da Câmara, Lisandro Monteiro, se antecipou e já entregou ao prefeito Walker Oliveira o cheque correspondente a maio. Durante a reunião, Lisandro pontuou que essa é uma situação histórica, agradeceu a parceria de todos e colocou a Casa Legislativa à disposição para todas as ações que prezarem pelo bem da população. A ação recebeu o apoio unânime de todos os vereadores.

A promotora de Justiça de Defesa da Saúde da Comarca de São Sebastião do Paraíso, Manuella Ferreira, agradeceu à Câmara pela política de economia dos recursos que permitiram a sua devolução e aplicação na saúde. Para ela, a data é um marco para o fortalecimento do SUS no município, consolidando um atendimento mais eficaz aos cidadãos. “Precisamos para de atender a demanda pontual que é judicializada e fortalecer o atendimento das cirurgias eletivas em prazo razoável de no máximo 60 dias”.