Folha Motors

Novo Honda CR-V chega às lojas sem versão híbrida e preço sugerido de R$269,9 mil

26 de junho de 2021

O pacote de segurança Honda Sensing é o grande trunfo deste novo CR-V Touring

O Honda CR-V 2021 chega às lojas brasileiras trazendo poucas alterações externas, mas um importante reforço tecnológico.
O SUV médio é importado dos Estados Unidos ao preço sugerido de R$ 269.900 na versão Touring.

São pelo menos R$ 60 mil de acréscimo para o valor do modelo 2020, justificados não só pelo enfraquecimento do real, mas por novidades a bordo.

A Honda não revela as suas pretensões de mercado, mas apontou que o ritmo deve seguir similar ao de 2020. Assim, o volume de importação deve ser de 500 unidades totais no ano, distribuídos em lotes mensais, conforme demanda.

A crise sanitária forçou o adiamento dos testes de imprensa e também limitou o período de contato. Ainda assim, o Jornal do Carro ajuda a responder: vale a pena pagar o preço pelo CR-V 2021? De fato, é uma questão fundamental num mercado com novidades como Jeep Compass, Ford Bronco Sport, o já citado Toyota RAV 4, além dos novos Toyota Corolla Cross, Volkswagen Taos e o Peugeot 3008.

O pacote de segurança Honda Sensing é o grande trunfo deste novo CR-V Touring, com auxílios ao condutor e itens de segurança ativa. Dessa forma, o Sensing reúne assistente de mudança de faixa, controle de cruzeiro adaptativo (ACC) com ajuste de velocidade, que operam plenamente entre as velocidades de 40 km/h e 145 km/h.

Sistemas para mitigação de evasão de pista e de frenagem para redução de efeitos de colisão também estão no pacote e funcionam entre 72 km/h e 142 km/h. Num primeiro estágio, disparam alertas visuais e sonoros; depois acionam os freios para diminuir gravidade do choque.

Há ainda monitoramento de atenção do condutor, bem como controle vetorial de torque ligado ao controle de tração e estabilidade.
Além disso, traz seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), ganchos Isofix para cadeirinhas e freio de estacionamento elétrico. Por fim, pequenas mudanças estéticas completam a lista.