Folha Motors Destaques

Hyunday HB20 e Fiat Argo disputam título de carro mais vendido no Brasil em 2021

FOLHA MOTORS

27 de dezembro de 2021

É Natal e, a essa altura, o mercado brasileiro de veículos já tem um campeão em quase todos os segmentos. Entretanto, há uma disputa em aberto, e não é qualquer uma não: o posto de carro de passeio mais vendido de 2021. Fiat Argo e Hyundai HB20 ainda travam um embate pela primeira colocação. Agora, restando poucos dias para o fim do ano, o hatch da marca sul-coreana acaba de retomar a liderança do rival da marca italiana. Inclusive, a distância entre os dois modelos é mínima, de modo que tudo pode acontecer até dia 31 de dezembro. Para se ter uma ideia, nenhum dos dois foi líder de mercado até hoje. Na verdade, desde 2015, as vendas são dominadas pelo Chevrolet Onix. Só que, neste ano, o campeão da GM ficou fora de jogo por conta da produção paralisada por seis meses, que foi consequência da falta de semicondutores. Desde então, Argo e HB20 vem se esbarrando no ranking de acumulados. Nos primeiros meses, foi o hatch da Hyundai que vinha superando as expectativas. De janeiro a julho, por exemplo, o modelo disparou na frente e chegou a emplacar, até a mesma data, 53.204 unidades. No entanto, o cenário começou a mudar quando, em agosto, o hatch da Fiat venceu com uma diferença de pouco mais de 2 mil unidades. Realmente, não tem como prever o que vai acontecer daqui para frente. Até porque, em números, as vendas dos dois continuam muito próximas. No fechamento geral de novembro, o Argo ficou em primeiro lugar com 80.135 unidades emplacadas. Já o HB20 veio logo atrás com 78.529. Então, esses próximos 9 dias até o fim do ano guardam muitas surpresas. Mas, até agora, é possível ter uma dimensão de como está a briga. Os dados atualizados hoje (22 de dezembro), pela Fenabrave, mostram que o HB20 vendeu 5.524 carros. Ou seja, no acumulado, está com 84.053. Já o Argo vem um pouco atrás, com 3.421, chegando à marca de 83.556. Dessa forma, o modelo da Hyundai está pouca coisa na frente. Agora, só resta esperar para ver quem vencerá a disputa. Recuperação do Onix Durante seis meses, a General Motors pausou a fábrica de Gravataí, no Rio Grande do Sul, por conta da escassez de semicondutores, decorrente da pandemia da Covid-19. Assim, o Chevrolet Onix simplesmente saiu de produção e começou a faltar nas lojas. O que, consequentemente, fez com que as vendas despencassem de forma drástica. As atividades, portanto, só voltaram no final de agosto, quando a montadora retomou a produção do hatchback, bem como a do sedã Onix Plus que também havia ficado em standby. Com a volta, a Chevrolet começou a subir novamente no ranking de vendas. Em novembro, o Onix, inclusive, foi o carro mais vendido, com 9.327 unidades emplacadas no mês. Mas, apesar da boa recuperação, a crise dos chips realmente pesou muito nas costas do hatch, que não voltou ao já conhecido primeiro lugar de mais vendido. Por isso, as portas se abriram para outros modelos. Agora, o cenário do setor automotivo começa a se fortalecer novamente e, com certeza, podemos esperar grandes disputas em 2022./ Foto: Reprodução.

É Natal e, a essa altura, o mercado brasileiro de veículos já tem um campeão em quase todos os segmentos. Entretanto, há uma disputa em aberto, e não é qualquer uma não: o posto de carro de passeio mais vendido de 2021. Fiat Argo e Hyundai HB20 ainda travam um embate pela primeira colocação. Agora, restando poucos dias para o fim do ano, o hatch da marca sul-coreana acaba de retomar a liderança do rival da marca italiana. Inclusive, a distância entre os dois modelos é mínima, de modo que tudo pode acontecer até dia 31 de dezembro. Para se ter uma ideia, nenhum dos dois foi líder de mercado até hoje. Na verdade, desde 2015, as vendas são dominadas pelo Chevrolet Onix. Só que, neste ano, o campeão da GM ficou fora de jogo por conta da produção paralisada por seis meses, que foi consequência da falta de semicondutores.

Desde então, Argo e HB20 vem se esbarrando no ranking de acumulados. Nos primeiros meses, foi o hatch da Hyundai que vinha superando as expectativas. De janeiro a julho, por exemplo, o modelo disparou na frente e chegou a emplacar, até a mesma data, 53.204 unidades. No entanto, o cenário começou a mudar quando, em agosto, o hatch da Fiat venceu com uma diferença de pouco mais de 2 mil unidades. Realmente, não tem como prever o que vai acontecer daqui para frente. Até porque, em números, as vendas dos dois continuam muito próximas. No fechamento geral de novembro, o Argo ficou em primeiro lugar com 80.135 unidades emplacadas. Já o HB20 veio logo atrás com 78.529.

Então, esses próximos 9 dias até o fim do ano guardam muitas surpresas. Mas, até agora, é possível ter uma dimensão de como está a briga. Os dados atualizados hoje (22 de dezembro), pela Fenabrave, mostram que o HB20 vendeu 5.524 carros. Ou seja, no acumulado, está com 84.053. Já o Argo vem um pouco atrás, com 3.421, chegando à marca de 83.556. Dessa forma, o modelo da Hyundai está pouca coisa na frente. Agora, só resta esperar para ver quem vencerá a disputa.

Recuperação do Onix

Durante seis meses, a General Motors pausou a fábrica de Gravataí, no Rio Grande do Sul, por conta da escassez de semicondutores, decorrente da pandemia da Covid-19. Assim, o Chevrolet Onix simplesmente saiu de produção e começou a faltar nas lojas. O que, consequentemente, fez com que as vendas despencassem de forma drástica.

As atividades, portanto, só voltaram no final de agosto, quando a montadora retomou a produção do hatchback, bem como a do sedã Onix Plus que também havia ficado em standby. Com a volta, a Chevrolet começou a subir novamente no ranking de vendas. Em novembro, o Onix, inclusive, foi o carro mais vendido, com 9.327 unidades emplacadas no mês.

Mas, apesar da boa recuperação, a crise dos chips realmente pesou muito nas costas do hatch, que não voltou ao já conhecido primeiro lugar de mais vendido. Por isso, as portas se abriram para outros modelos. Agora, o cenário do setor automotivo começa a se fortalecer novamente e, com certeza, podemos esperar grandes disputas em 2022.