Esporte

Seleção feminina perde para o Canadá e fica sem medalhas

31 de julho de 2021

Seleção Brasileira Feminina de Futebol está fora da briga por medalha em Tóquio:/ Divulgação.

TÓQUIO – A Seleção Brasileira Feminina de Futebol viu o sonho de mais uma medalha olímpica chegar ao fim diante de uma tradicional adversária, o Canadá. Nos pênaltis, foi derrotada por 4 a 3, depois de empate por 0 a 0 no tempo regulamentar e na prorrogação, pelas quartas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

É a segunda vez que a Seleção feminina encerra sua participação em Olimpíada sem brigar por medalha. O Brasil foi prata em Atenas 2004, e em Pequim 2008. Na Rio 2016, terminou em quarto lugar, derrotada justamente pelo Canadá. O desempenho frustrante no Japão repete a campanha Londres’2012, quando a equipe também parou nas quartas de final.

Em entrevista logo após a partida, a atacante Marta encarou a eliminação com serenidade e pediu apoio: “Tem vez que as coisas não funcionam. A gente teve chance até de abrir o placar. Na prorrogação, elas estavam nitidamente mais cansadas que a gente. Mas são coisas do futebol, nem sempre o melhor ganha. Agora é pensar no futuro, é continua apoiando a modalidade. O futebol feminino não acaba aqui, espero que as pessoas tenham essa consciência. Estou muito orgulhosa da equipe, só fica aquele gostinho de que poderíamos ter feito mais”.

Marta só lamentou que a volante Formiga – que anunciou sua aposentadoria da Seleção Brasileira – tivesse uma despedida de Olimpíada mais feliz: “Eu conversei com as meninas, até me dirigi diretamente à Formiga, que eu queria ter mais uma vez a emoção de lutar pela medalha com ela. Mas agradeço a ela pela vida dedicada ao esporte. Ela, que vem ajudando tanto a modalidade e é inspiração para as meninas na Seleção. Poderia ter tido um final um pouquinho mais feliz”.