Rápidas

Despedida

11 de Maio de 2020

Foto: Divulgação (Site EBC)

O oposto Evandro anunciou o fim do ciclo dele com a camisa da equipe de vôlei do Cruzeiro. O contrato do jogador com o clube não foi renovado para a próxima temporada. Em vídeo divulgado na conta pessoal no Instagram, Evandro exibiu todos os troféus conquistados pelo clube, desde 2016, quando ele assinou com a Raposa, e fez um agradecimento. Ao todo, Evandro conquistou 16 títulos defendendo o Cruzeiro. O vôlei do Cruzeiro suspendeu as atividades em março, em função da pandemia.

Ajuda

Vasco conseguiu levantar fundos para pagar funcionários e jogadores. Entretanto, o total não foi suficiente para quitar os vencimentos de todos. Liderados pelo capitão Leandro Castán, um grupo de jogadores que recebem os maiores salários do elenco abriu mão de receber favor dos que ganham menos. Com isso, a diretoria quitou nesta sexta-feira os salários de janeiro daqueles que recebem até 50 mil Reais. O apoio veio de atletas como Fredy Gaurín, Fernando Miguel e Ramon, entre outros.

Sem testes

O departamento médico do Santos não deve testar comissão técnica, elenco e funcionários para a Covid-19, neste mês de maio. Com a prorrogação da quarentena em São Paulo pelo menos até 31 de maio, o Peixe vai esperar para realizar os exames dias antes da reapresentação, ainda sem data marcada. “Com a prorrogação da quarentena, esperamos determinação do Governo e Federação Paulista”, disse Ricardo Galotti, coordenador do departamento médico do Santos.

Sem volta

A Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) emitiu um comunicado ontem com os clubes que assinaram uma Nota de Esclarecimento a favor da volta do Campeonato Carioca. Porém, Botafogo Fluminense foram os únicos que se recusaram a firmar o acordo, sendo contrários ao retorno do Estadual. Técnico do Glorioso, Paulo Autuori já afirmou publicamente que é contra a retomada da competição. Para o treinador, a possibilidade representa uma falta de respeito com os profissionais.

Economia

Fora dos planos do Atlético-MG, Lucas Hernández, Ramón Martínez, Zé Welison, Edinho, Ricardo Oliveira e Di Santo custavam ao Galo, considerando apenas o salário na carteira, R$ 912 mil mensais, esse é o valor somado dos salários que os atletas recebiam no Galo, desconsiderando o valor pago por direito de imagem. A “economia” mensal ultrapassaria R$ 1 milhão. Não se sabe o que será feito com cada jogador fora dos planos. São várias possibilidades: rescisão amigável, acordo e até empréstimo.

Monitorado

Fortaleza monitora a situação do atacante Edinho, fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli no Atlético. O diretor de futebol do Leão do Pici, Daniel de Paula Pessoa, disse que tem interesse no jogador, mas que uma possível transferência teria que se encaixar dentro da nova realidade do futebol brasileiro, na qual os clubes perderam dinheiro com a pandemia de Covid-19. No início da temporada, o Fortaleza chegou a tenta o empréstimo do atacante, mas o técnico Rafael Dudamel não o liberou.