Esporte

Luciano

16 de Maio de 2020

O empresário e professor de educação física, Luciano Lino do Santos, 41, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa de Passos faltando três dias para completar um mês do acidente doméstico que sofreu. Dia 17 de março o proprietário da Escola Arena de Futebol caiu do telhado da varanda da lanchonete ao lado do campo de treinamento, a uma altura de quase três metros. Como consequência, teve traumatismos craniano e passou por cirurgia.

Recuperação

Vanessa Costa Santos revelou ontem que o esposo está bem clinicamente, ainda se alimenta por sonda e não usa aparelho para respirar. “Sua recuperação está sendo ótima, graças a Deus. Perdeu muito peso, fala com certa dificuldade e está impaciente. Não anda por enquanto, mas senta na poltrona e cadeira de rodas. O médico revelou que tudo isso é normal e se não ocorrer imprevistos, meu bem deverá receber alta hospitalar semana que vem”, comentou.

Retorno

Ontem, a secretaria de Saúde de Contagem aprovou o pedido do América para retomar as atividades do time profissional no Centro de Treinamento Lanna Drumond. Os trabalhos, porém, deverão ser realizados dentro das normas do Comitê de Enfrentamento do COVID-19. Em nota, a secretaria confirmou o pedido de liberação do CT Lanna Drumond na quinta-feira e condicionou o retorno das atividades ao cumprimento de normas de segurança contra a proliferação do novo coronavírus.

Desistência

O meia Alan Franco, de 21 anos, desistiu da negociação com o Atlético. Pelo menos é o que informa Santiago Morales, diretor do Independiente Del Valle, clube dono dos direitos do jogador. De acordo com Morales, o Atlético negociava com o jogador há mais de um mês. O Del Valle já havia aceitado a oferta, mas Alan Franco desistiu da transferência por causa de problema familiar. “Devido à situação familiar que ele sofreu, decidiu não aceitar a oferta do futebol brasileiro”, disse Morales.

Na espera

O Atlético-MG avançou na negociação e o próximo passo é convencer o Goiás a liberar o volante Léo Sena. Tudo depende, entretanto, de uma queda na pandemia, capaz ao menos de apontar para os clubes uma data de retorno do futebol, ela freou as tratativas, mas o Galo e o jogador de 24 anos estão alinhados para firmarem contrato futuramente. O vínculo trabalhista a ser firmado entre as partes, em caso de negociação positivamente concluída para o time mineiro, será de cinco temporadas.

Estádios

Sem a presença do Mineirão, principal estádio de Minas Gerais, a Conmebol divulgou uma lista, na sexta feira, 15, com os estádios candidatos a receber as finais da Copa Libertadores e da Sul-Americana em 2021, 2022 e 2023. O Dossiê de Candidatura deverá ser apresentado no dia 29 de maio. A lista conta com nove brasileiros no total. São eles: Arena Fonte Nova, Arena Pernambuco, Arena da Baixada, Arena do Castelão, Arena Corinthians, Beira Rio, Mané Garrincha, Maracanã e Morumbi.

Sem público

Seguindo a tendência europeia, o Corinthians vai colocar fotos de seus torcedores nas arquibancadas da Arena, enquanto não é permitida a venda de ingressos. Serão dois tipos de interação com a fiel torcida: a aplicação das imagens no formato de bandeirão, que será colocado nos setores Norte e Sul do estádio, e totens personalizados para as cadeiras nos setores Oeste e Leste. Além das fotos, a Arena deve contar com o canto da torcida nos alto-falantes.