Esporte

Cruzeiro vence Confiança e amplia distância da zona de rebaixamento

23 de agosto de 2021

Marcelo Moreno marcou o 54º gol com a camisa do Cruzeiro./ Foto: Divulgação.

BELO HORIZONTE – Com o apoio de sua torcida, o Cruzeiro iniciou de forma positiva a caminhada no returno da Série B ao vencer o Confiança por 1 a 0, nesta sexta-feira, no Mineirão. O gol marcado pelo atacante Marcelo Moreno, em cobrança de pênalti aos 22 minutos do segundo tempo, fez a equipe treinada por Vanderlei Luxemburgo contabilizar 24 pontos em 20 rodadas – cinco de vantagem sobre o 17º, Londrina, que enfrentará o Brasil de Pelotas no domingo, às 18h15, no estádio do Café, em Londrina-PR.

Outro fator a ser destacado é o aumento do aproveitamento da Raposa na segunda divisão sob o comando de Luxa – 73,33%. O técnico estreou com triunfo fora de casa sobre o Brusque, por 2 a 1. Posteriormente, empatou com Vitória (2 a 2) e Sampaio Corrêa (1 a 1), e bateu Náutico (1 a 0) e Confiança (1 a 0). O próximo desafio será diante do CRB, às 16h de domingo, 29 de agosto, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O clube alagoano tem 33 pontos e está na briga pelo acesso à elite do Campeonato Brasileiro.

A torcida do Cruzeiro esperou um ano e cinco meses para ter novamente a oportunidade de ver o time in loco. A última vez havia sido em 11 de março de 2020, na derrota por 2 a 0 para o CRB, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Depois de várias partidas ouvindo apenas os cânticos reproduzidos em caixas de som, os jogadores enfim receberam o calor do público nesta sexta-feira.

Diferentemente de Atlético x River Plate, jogo de quarta-feira pela Copa Libertadores assistido por mais de 17 mil pagantes, Cruzeiro x Confiança não teve tanto apelo. Às vésperas da partida, vários torcedores se manifestaram nas redes sociais contra os preços dos ingressos praticados na Série B – R$70 a R$150 para não sócios. Quem compareceu ao Mineirão presenciou aglomerações e falhas na conferência de documentos nas catracas.

Dentro do estádio, os cruzeirenses se concentraram principalmente no setor amarelo, à direita da câmera principal de transmissão, enquanto outros espaços estavam mais “livres”. Embora em número bastante aquém da carga total, os aficionados fizeram barulho e tentaram empurrar a Raposa, que jogou com uniforme verde, vermelho e branco em alusão às cores do Palestra Itália.