Esporte

Copa 

10 de fevereiro de 2021

O presidente da Associação Regional de Esporte Amador (AREA), Otávio Augusto Diniz Kallas, 29, anunciou ontem mudanças em relação à copa de futebol, primeira competição a ser organizada e promovida pela entidade. Por causa da pandemia do novo Coronavírus, a reunião para o sorteio das chaves, que ocorreria nesta quarta-feira, dia 10, foi adiada para 15 de maio. As partidas da rodada de abertura já estão definidas para os dias 22 e 23 do mesmo mês. O torneio deverá reunir 20 equipes de Passos.


O que você também vai ler neste artigo:

  • Módulo II
  • Torcida
  • Mineiro
  • Vasco

Módulo II

Foi realizado, na tarde desta terça-feira, dia 9, o Conselho Técnico para o Campeonato Mineiro do Módulo II 2021. No encontro com dirigentes dos 12 clubes inscritos, ficou deliberado que os jogos da rodada de abertura serão realizados nos dias 3 e 4 de julho. As equipes confirmadas pela Federação Mineira de Futebol são: Betim Futebol, Serranense, Democrata/Sete Lagoas, Democrata/Governador Valadares, Guarani, Ipatinga, Nacional de Muriaé, Aymorés, Tupi, Tupynambás, União Luziense e Villa Nova.

Torcida

O sistema de disputa será o mesmo da temporada 2020. A fase classificatória será disputada em turno único (11 rodadas) e quadrangular final – entre 4 de setembro e 2 de outubro. Ficou definido que o acesso de público, caso seja permitido pelas autoridades de saúde, será liberado conforme realidade dos municípios onde os clubes mandarem seus jogos. Cada clube pode inscrever 30 atletas e contar com número irrestrito acima dos 24 anos, mas somente poderão ser utilizados por jogo, sete com idade superior.

Mineiro

O atacante Wandinho está de volta ao Uberlândia Esporte. O jogador de 30 anos, que jogou pelo clube na última temporada, retorna para a disputa do Campeonato Mineiro deste ano. Pelo Verdão, foram 11 jogos e um gol marcado. Antes de jogar pelo Uberlândia em 2020, Wandinho passou por Atlético-GO, Boa Esporte, Resende, América-RN e Volta Redonda. o Uberlândia volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Comercial-SP, em Ribeirão Preto.

Vasco

A Justiça condenou o Vasco a pagar R$ 14,7 milhões ao ex-jogador Wendel, volante que defendeu o clube entre 2012 e 2013. A decisão da juíza Astrid Silva Britto, da 68ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, foi publicada ontem, terça-feira, 9. Wendel foi contratado na gestão de Roberto Dinamite, disputou 72 jogos e marcou dois gols. Quando deixou o Vasco, entrou na Justiça alegando salários atrasados.