Esporte Destaques

Contra o Remo, Atlético-MG reencontra ex técnico Paulo Bonamigo e Renan Oliveira

1 de junho de 2021

Paulo Bonamigo comandou Remo na campanha do acesso à Série B deste ano :/ divulgação

BELO HORIZONTE – Amanhã, 2, o Atlético inicia a busca por mais um título nesta temporada. O Galo estreia na Copa do Brasil contra o Remo, às 19h, no estádio Baenão, em Belém. No confronto de ida pela terceira fase do torneio nacional, o Alvinegro reencontra os ‘velhos conhecidos’ Renan Oliveira e o técnico Paulo Bonamigo, que ajudou a tirar o Leão Azul da Série C do Campeonato Brasileiro.

Paulo Bonamigo treinou o Atlético em 2004. Ele assumiu a equipe alvinegra em janeiro daquele ano após boas temporadas pelo Coritiba. Foram 39 partidas em sete meses de trabalho no Galo, com 17 vitórias, 12 empates e dez derrotas.

Em julho de 2004, Bonamigo foi demitido depois de derrota para o Criciúma, por 4 a 2, resultado que deixou o Atlético na 19ª colocação do Campeonato Brasileiro, na zona do rebaixamento, com 17 pontos em 48 disputados. Antes, com o gaúcho no comando, o Galo perdeu a final do Campeonato Mineiro ara o rival Cruzeiro e foi eliminado pelo Santo André na segunda fase da Copa do Brasil.

Bonamigo também tem experiência por Botafogo, Palmeiras, Fortaleza, Bahia, Marítimo-POR e Al-Shabab-EAU, entre outros times. O treinador iniciou a segunda passgem pelo Remo em agosto do ano passado, após a saída de Mazola Júnior. O gaúcho comandou a equipe paraense na campanha do acesso à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro deste ano. O Leão acabou com o vice ao ser batido pelo Vila Nova-GO na decisão da Série C de 2020.

Nesta temporada, o Remo ficou fora da final do Campeonato Paraense, caindo nas semifinais para o Tuna Luso, nos pênaltis. Na Copa do Brasil, o Leão avançou à terceira fase com vitória sobre o Esportivo-ES, por 2 a 0, e CSA, nos pênaltis, por 6 a 5. Na Série B do Brasileiro, a estreia da equipe foi com empate diante do CRB, por 2 a 2, em Maceió.

No início desta temporada, o Remo contratou o meia Renan Oliveira, revelado nas categorias de base do Atlético. O jogador, hoje com 31 anos, estreou no profissional alvinegro em 2008. A trajetória dele pelo Galo, marcada por empréstimos a outros clubes, terminou em 2014, com 112 jogos e 27 gols, além do título mineiro de 2010. Renan Oliveira, que também defendeu o América, disputou 17 partidas pelo Remo, sendo apenas três como titular.

Integram o elenco do Remo outras caras conhecidas do futebol mineiro, como o volante Anderson Uchôa, revelado pelo Cruzeiro, e Vinícius Kiss, que rodou o interior do estado. O auxiliar técnico do time é Edson Gonzaga, ex-ponta-esquerda do Cruzeiro nas décadas de 1980 e 1990.

O meia Felipe Gedoz, alvo do Cruzeiro no passado, também defende o Remo. Com passagens por Defensor-URU, Club Brugge-BEL, Athletico-PR e Goiás, o ex-companheiro de Arrascaeta chegou ao clube paraense como principal reforço para a Série C do ano passado e se tornou um dos destaques da equipe de Bonamigo.