Esporte

Boa Esporte

23 de março de 2021

O treinador Ariel Mamede, do Boa Esporte, defende a manutenção do Campeonato Mineiro em meio à pior fase da pandemia da Covid-19. Após a derrota para o Uberlândia, na última semana, o comandante destacou o protocolo médico seguido no futebol.

Há um ano fazemos testagens todas as semanas. A gente tem um protocolo médico a ser seguido. Profissão nenhuma faz o que a gente faz há um ano. Agora, no momento em que o país entrou em um colapso, de novo, por irresponsabilidade desses governantes”.


O que você também vai ler neste artigo:

  • América-MG
  • Cruzeiro
  • Atlético-MG
  • Caldense
  • FPF

América-MG

O Campeonato Mineiro 2021 será paralisado pela Federação Mineira de Futebol (FMF), após decisão do Governo de Minas, diante da pandemia da Covid-19. O Estado está na onda roxa, com restrições mais rígidas para conter o vírus. Um tema que foi novamente abordado pelo técnico Lisca, do América-MG. Ele sugeriu que clubes e jogadores com menos capacidade econômica sejam ajudados pela elite do futebol no Brasil, citando um “auxílio emergencial” da bola.

Cruzeiro

Além de enfrentar o processo trabalhista movido por Dedé, o Cruzeiro, agora, também tem pela frente uma cobrança da empresa que agencia o atleta: a M9 Sports, liderada pelo empresário Giuliano Arana. Em notificação referente a comissões não pagas nos contratos dos zagueiros Dedé e Marllon, são cobrados R$ 465.723,41. Em ambas, Aranda pede a condenação do Cruzeiro ao pagamento do valor em três dias. Se não feito, ele requisita a penhora de bens da Raposa até que se chegue ao valor.

Atlético-MG

Enquanto vê a obra de vento em popa para cumprir o cronograma de inauguração em outubro de 2022, o projeto do estádio próprio do Atlético-MG – Arena MRV – precisa cumprir contrapartidas milionárias devido aos impactos ambientais e urbanísticos do empreendimento. Um fator a mais no cálculo está condicionado em quase R$ 6 milhões em acordo com o MPMG. Para ter a obra aprovada, o Galo precisou passar por 55 contrapartidas e medidas compensatórias.

Caldense

A derrota por 3 a 1 para a URT, no domingo (21), fez com que a Caldense perdesse a invencibilidade no Mineiro e deixasse de ter 100% de aproveitamento fora de casa. O revés, no entanto, não tirou a Veterana do G-4. A equipe é a quarta colocada no estadual. O defensor também perdeu a invencibilidade com a camisa da Veterana. Passarelli já havia atuado no empate contra o Vasco, pela Copa do Brasil, e no final do jogo diante do América-MG, que teve vitória da equipe sul-mineira.

FPF

A Federação Paulista de Futebol voltou a se reunir com os clubes da primeira divisão estadual, na manhã desta segunda-feira, e decidiu que acatará a suspensão dos jogos do Paulistão enquanto durar a fase emergencial do plano de contenção do novo coronavírus do governo de São Paulo. Com isso, está mantida a suspensão da quinta, sexta e sétima rodadas, aquelas presentes no período da proibição de jogos anunciada pelo governo, de 15 a 30 de março.