Esporte

Atlético-MG

27 de março de 2021

Cuca ressaltou que todo o elenco será importante em 2021. O clube terá uma maratona de jogos e vai precisar do grupo. Não é um discurso da boca para fora. Com as alterações nas datas do Campeonato Mineiro (previsto para retornar na próxima quinta-feira), o calendário do Galo para a temporada ficou ainda mais apertado. O Atlético volta a jogar na próxima quinta-feira, dia 1/4, e tem “mini-maratona” até o dia 11/4, quando tem o clássico contra o Cruzeiro.


O que você também vai ler neste artigo:

  • Cruzeiro
  • Supercopa
  • Cuca
  • América

Cruzeiro

O Cruzeiro segue de olho nas categorias de base. Além dos quatro jogadores que subiram ao profissional nesta temporada, outros atletas vêm treinando semanalmente com o Felipe Conceição, que os observa de perto na Toca da Raposa II. Com a intenção de ter uma maior integração dos jogadores Sub-20 no profissional, o Cruzeiro criou uma equipe Sub-18, que conta, atualmente, com 17 atletas e é comandada por Leandro Guerreiro, ex-volante do clube e atual auxiliar do sub-20.

Supercopa

A Supercopa do Brasil entre Flamengo e Palmeiras acontecerá no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Pelo menos é isso o que garante Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal. O jogo está marcado para o dia 11 de abril, um domingo. “Vamos fazer”, cravou o político ao ser questionado sobre a final entre os campeões do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil de 2020. Se a CBF confirmar as palavras do governador, o Mané Garrincha receberá pela segunda vez seguida a Supercopa do Brasil.

Cuca

Depois de um fim de semana dedicado à mãe, Dona Nilde, internada por Covid-19, Cuca retornou aos trabalhos no Atlético-MG nesta quarta-feira, tendo uma semana de preparação até a retomada da temporada 2021. Agora, com uma comissão formada por novos integrantes que substituíram a “comitiva de Sampaoli”. São, ao todo, 39 profissionais na comissão técnica. Há funcionários da parte de logística que passam a compor o material.

América

A solidez defensiva é, talvez, a característica mais marcante do América comandado pelo técnico Lisca, que garante que seu time será ‘corajoso’ na Série A de 2021. “Nós não vamos mudar muito não. Podemos ter variações táticas, mas os princípios de bloco alto, pressão, linha alta, compactação nós vamos manter. Claro que em algumas situações do jogo nós vamos ter que baixar um pouco o bloco, vamos ter que transitar mais, vamos ter que atrair um pouco mais o adversário”.