Esporte

Ainda na UTI da Santa Casa, estado de saúde de Luciano é estável

28 de abril de 2020

PASSOS – Passados dez dias do acidente doméstico que vitimou o empresário, professor e instrutor de futebol, Luciano Lino dos Santos, de 41 anos, continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta da Santa Casa de Passos. De acordo com informações do neurocirurgião Marcos Antônio de Oliveira, repassadas pela assessoria de imprensa do hospital na tarde de ontem, o quadro clínico do paciente era de estabilidade.

Através de nota oficial, o médico informou que Luciano está sendo mantido sob cuidados intensivos e submetido, sem revelar a data, ao exame de tomografia computadorizada do crânio. “No momento ele encontra-se estável. Há proposta médica de retirar sedação ainda nesta data, segunda-feira, dia 27, para averiguação da evolução clínica do paciente”, completa o texto do documento.

Luciano sofreu, na manhã do dia 17 deste mês, um grave acidente na sede de sua empresa, a Arena Escola de Futebol, localizada na rua Doutor Carvalho, esquina com a Travessa Belo Horizonte. Na mesma data à tarde ele fora operado da cabeça porque não havia recobrado os sentidos e o sangramento por um dos ouvidos persistia. As consequências da queda foram fratura de cabeça, quebra de uma costela que acabou perfurando um dos pulmões e apresentou coágulos no cérebro.

O acidente

De acordo com o pai José Lino dos Santos, o Mosquito, que foi ídolo no futebol amador de Passos nas décadas de 70 e 80 atuando como meia-atacante pela ADC Açucareira, o filho subiu no telhado do bar construído na lateral do gramado de piso sintético da Arena onde até então ministrava diariamente aulas para crianças e adolescentes. Quanto estava realizando a limpeza na calha de zinco, pisou na telha de amianto da cobertura de entrada da lanchonete e caiu de uma altura de aproximadamente três mês. “Acho que o Luciano esqueceu que na área onde ficam as mesas e cadeiras não tinha laje, desabou lá de cima e deve ter batido a cabeça no piso. Quando ouvi o barulho, corri a seu encontro, ele estava desacordado e sangrando por um dos ouvidos”, contou.

O empresário é irmão de Ricardo Alexandre dos Santos, o Ricardinho, de 44 anos, que atuou por muitos anos como volante titular do Cruzeiro EC de Belo Horizonte, onde reside.