Entretenimento

‘Mineirim engraçadim’ no banco da Praça

Televisão

31 de agosto de 2021

Luccas Dória no famoso banco com Carlos Alberto. Dentinho é um entregador de pizza carismático e bem-humorado./ Foto: Divulgação.

Iniciado em Conselheiro Lafaiete e consolidado em Resende Costa, o humor de Luccas Dória saiu dos shows de stand up comedy no interior de Minas para a tela do SBT/Alterosa. O comediante, de 31 anos, ganhou destaque nacional nos últimos meses com o personagem Dentinho do programa “A praça é nossa”, comandado por Carlos Alberto de Nóbrega na emissora de Silvio Santos.

A veia artística e cômica de Luccas Dória vem de berço. Filho de pai carioca e de mãe mineira, ele conta que sua casa sempre foi uma mistura de humores diferentes. “Aonde meu pai chega, todo mundo se esparrama (na risada), ele fala umas coisas sem perceber que está fazendo graça.

Minha mãe é aquela mineirinha ‘come- quieta’. Fica na dela e, de repente, solta um ‘trem’ engraçado”, conta.
Na turma dos amigos, Luccas Dória sempre foi o “palhaço”.

“Todo grupo tem um, né? Sempre tem também aquele que toca violão e um bonitão. Esse último não dava para mim, eu era feio demais”, brinca.

A ideia de fazer da comédia trabalho veio depois de assistir a um show de sua conterrânea Gorete Milagres. Luccas começou a imitar os personagens da atriz e de outros humoristas até criar sua própria identidade.

Seu primeiro personagem foi Arnaldo Júnior, inspirado nas histórias que o pai lhe contava, e que depois serviu de base para outras figuras, como a Sheyllan Belieber, filha de Arnaldo e com personalidade mais próxima dos jovens de hoje em dia.

A grande guinada na carreira veio com Dentinho. Quando morava em Resende Costa, o comediante se aventurou com o atual prefeito da cidade, Lucas Paulo, na época candidato a deputado, em uma viagem por 116 cidades de Minas Gerais.

Na última parada, os dois fizeram palestra para um grupo de ex-detentos, e Luccas Dória se impressionou com o humor com que todos ali abordavam a própria situação.

“Era muito engraçado, porque o pessoal ficava comemorando quem tinha pena maior, e eu não estava entendendo nada… A pena, para eles, significava a reabilitação. Cada ano a mais ali era um ano a mais de emprego, de oficina que ele teve a oportunidade de fazer, de um curso”, conta.

Voltando para casa, a lembrança dos ex-detentos inspirou a criação de Dentinho. Os primeiros vídeos do personagem o mostram na cadeia, preso por um crime bobo – Luccas Dória enfatiza que decidiu não criar uma história pesada.

Atualmente já fora das grades, Dentinho trabalha como entregador de pizza. Tem personalidade carismática e enorme capacidade de lidar de forma bem-humorada com o seu passado.

O visual de Dentinho também tem uma inspiração, mas desta vez o comediante recorreu a questões mais pessoais. Luccas conta que usou muito as piadas para se sentir incluído nos tempos de colégio, onde diz ter sofrido bullying por conta de sua aparência. Ele comenta que na época, inocente, tratava tudo como brincadeira, mas hoje percebe o assédio por trás daquelas zoações.