Entretenimento

Mais uma série de dramas familiares

STREAMING

19 de agosto de 2021

Elenco de ‘Big Little Lies’, numa produção de Nicole Kidman, se reúne em ‘Nove Desconhecidos’./ Foto: Divulgação.

Desde o sucesso de Big Little Lies, que estreou em fevereiro de 2017, muitas séries de televisão tentaram ser a próxima Big Little Lies, ou seja, um pacote de mistérios com dramas familiares e pessoais de personagens em geral abastadas e um elenco estelar. Por exemplo, The Undoing, que foi ao ar na mesma HBO, escrita pelo mesmo David E. Kelley, e estrelada e produzida pela mesma Nicole Kidman.

Na sexta, 20, chega Nove Desconhecidos, mais uma vez escrita por Kelley, agora em parceria com John-Henry Butterworth, e estrelada e produzida por Nicole Kidman. Como Big Little Lies, é baseada em um romance de Liane Moriarty. A diferença é que, em vez da HBO, Nove Desconhecidos estreia no Amazon Prime Vídeo.

“Fale a verdade, Nicole, você fica me implorando para trabalharmos juntos porque sua carreira não está decolando”, provocou Kelley recentemente, em um evento da Associação de Críticos de Televisão, realizado virtualmente. “Mas continue insistindo, um dia acaba dando certo”, completou o roteirista.

A atriz explicou por que tem se dedicado tanto a minisséries nos últimos anos.

“Eu trabalhei sempre em séries dirigidas por uma única pessoa, então eu vejo como uma extensão do cinema. É apenas uma versão mais longa”, afirmou Kidman no mesmo evento.

Nove Desconhecidos teve seus oito episódios dirigidos por Jonathan Levine, de Casal Improvável. A atriz começou sua carreira na Austrália fazendo minisséries.

“Eu sempre gostei. E Krzysztof Kieslowski fez o Decálogo para a televisão muito antes de qualquer um. Ingmar Bergman dirigiu a minissérie Cenas de um Casamento. A sorte é que agora os escritores e diretores estão mais dispostos do que nunca a trabalhar neste território.”

Nicole Kidman apontou que, no entanto, é preciso ter rigor quando se trata de uma série de televisão.

“Jane Campion, que é uma grande amiga e fez Top of the Lake, me falou como era difícil manter a narrativa vibrante e viva durante seis ou oito horas. As pessoas se esquecem de que é uma forma de arte em si”, disse Kidman. “É bem diferente de um filme, que tem uma hora e meia ou duas para ser intrigante e hipnotizante.”

Na nova série, a atriz interpreta Masha, a misteriosa guru de um resort de bem-estar.

“Eu criei toda uma história de vida para ela, daí o sotaque russo. Ela fala sete línguas, mesmo que na série isso não apareça”, explicou a atriz.

Na primeira vez que encontrou os outros integrantes do elenco, apareceu encarnada em Masha. Eu fiquei na personagem, porque precisava permanecer em um espaço de calma e energia curadora emanando. Se alguém me chamasse de Nicole, eu ignorava.

Mas foi a única maneira que eu consegui me relacionar com os outros, porque de outra maneira eu me sentiria fazendo uma performance, e eu não queria isso.” Para cada um dos atores com quem contracenava, Kidman criou um espaço de atuação diferente. “Então foi uma existência estranha durante aqueles cinco meses.”

Masha também usa métodos pouco convencionais – como fazer com que seus pacientes se deitem em uma cova, por exemplo – para ajudar os nove desconhecidos do título. Nem sempre os tratamentos em spas e retiros de bem-estar são tranquilos. Cada um dos desconhecidos chega com seu pacote de problemas, traumas, questões e segredos.