Destaques Entretenimento

Apoio aos atores veteranos

24 de setembro de 2020

Após contratos de Tarcísio Meira e Glória Menezes não serem renovados, hashtag #euqueroveteranosnatv viraliza nas redes sociais. / Foto: Divulgação

A campanha #euqueroveteranosnatv viralizou nas redes sociais durante a última semana. Com ela, anônimos e famosos pedem a presença de atores veteranos nas novas produções audiovisuais da televisão brasileira. Entre as imagens e mensagens exaltando grandes nomes da teledramaturgia, a frase que mais aparece nas postagens é “talento não envelhece”.

“Quero veteranos na TV. São profissionais que fizeram a história da nossa televisão, sem eles não haveria história a se contar. Cresci na companhia de todos eles, me formei e aprendi vendo cada um deles atuando e, convenhamos, que artistas maravilhosos e inspiradores. O meu profundo obrigada a todos os artistas veteranos! #euqueroveteranosnatv”, postou a atriz Carolina Ferraz, de 52 anos.

Além de Carolina, Kadu Moliterno, Gloria Pires, Luana Xavier, Amanda Lee, Beth Goulart, Alexandra Richter, Claudia Raia e Sérgio Marone, entre outros, também aderiram à campanha e compartilharam a hashtag.
“#euqueroveteranosnatv porque quero qualidade, diversidade, talento, profundidade, sabedoria. E porque aprendo com eles, sempre!”, postou Leona Cavalli, de 50 anos. A campanha nas redes sociais ganhou força depois que a Globo anunciou que os contratos de Glória Menezes, de 85, e Tarcísio Meira, de 84, não seriam renovados. O casal trabalhou durante mais de 53 anos na emissora. Glória já participou de mais de 40 novelas na Globo, entre elas Corpo a corpo (1984), A favorita (2008) e Páginas da vida (2006).

Atualmente, a atriz está no ar na reprise de Totalmente demais, como Stelinha. Já Tarcísio trabalhou em mais de 50 produções, incluindo Hilda Furacão (1998), Insensato coração (2011) e Orgulho e paixão (2018). Ambos os atores também aderiram à hashtag nas redes sociais. Os internautas aproveitaram também o aniversário de 70 anos da TV no Brasil, comemorado na sexta, 18, para relembrar a importância dos veteranos na teledramaturgia. Nas postagens, pedem que as emissoras respeitem e preservem os atores e atrizes que fizeram parte dessa história.

Entre os principais nomes demitidos da Globo estão Antonio Fagundes (de 71 anos, estava há mais de 44 anos na Globo e participou de quase 40 novelas durante esse período); Tarcício Meira (durante os 53 anos que ficou na Globo, o ator, de 84 anos, participou de mais de 50 produções); Miguel Falabella (63 anos, ficou durante 39 anos na Globo, onde participou de 35 produções); Vera Fisher (68 anos, ficou durante mais de 43 anos na emissora carioca e participou de 28 produções globais; Glória Menezes ( 85 anos, 53 anos de trabalhos na emissora, atuando em mais de 40 produções); Renato Aragão ( 85 anos, com 44 anos de Globo, atuou em mais de 23 produções) e Stênio Garcia (88 anos, 47 anos na Globo e mais de 20 novelas.

Em entrevista concedida a Globo no último domingo, 13, dia em que comemorou 93 anos, a atriz Laura Cardoso ressaltou a importância de se manter na ativa e não parar de trabalhar com o que gosta. “Parar? Nunca, nunca! Você se aposenta e aí para tudo. Aposentadoria é um horror. Estar na ativa mantém a gente viva”. Ela faz parte da equipe de atores da Globo há quase 40 anos. As demissões e não renovações de contrato feitas pela TV Globo começaram em 2018, quando a emissora anunciou o projeto Uma Só Globo. Por meio dele, serão unificadas as plataformas TV Globo, Globosat, Som Livre, Globo.com e Globoplay em uma só em empresa.