Entretenimento Destaques

Zezé e a filha Wanessa em documentário

Streaming

18 de dezembro de 2021

Wanessa Camargo e Zezé Di Camargo, em cena da série documental “É o amor”./ Foto: Reprodução.

Não é só o amor que mexe com a cabeça de Zezé Di Camargo. Polêmicas e desentendimentos — alguns ainda não resolvidos — permeiam a trajetória de seu clã musical, a começar por um suposto entrevero entre ele e seu irmão Luciano. Exemplo: a dupla sertaneja completou três décadas de existência, mas a data passou em branco oficialmente.

“Eu estava preparando, na pandemia, um produto para comemorar os 30 anos da dupla Zezé Di Camargo & Luciano. Seria uma série com participação de Ivete Sangalo, Marília Mendonça… Está tudo gravado! Foi quando soube que o Luciano estava fazendo o projeto gospel — diz o sertanejo, referindo-se à estreia do irmão em carreira solo. Naquele momento, falei: “Poxa, não posso pegar um produto do Zezé Di Camargo & Luciano e confrontar com o que o Luciano está fazendo”. Liguei para o nosso empresário e falei para deixarmos adormecida um pouquinho a dupla”, explica Zezé.

“Essa é uma família muito grande, com afinidades diferentes”, avisa Wanessa Camargo, filha do artista sertanejo, num dos primeiros instantes da série documental “É o amor: família Camargo”, que a Netflix lançou na semana que passou. Luciano não autorizou a aparição de sua imagem no programa.

Mas Zezé insiste que está tudo bem. Ele e o irmão não dividem camarim há 20 anos, e não há problema nisso, o artista frisa.

“Não é porque canta junto que tem que andar junto”, justifica, numa das passagens da série. “Não convivi com ninguém da minha família tanto quanto convivi com o Luciano, e ele também. Chega uma hora que a gente precisa dar um respiro pro outro. Não somos nenhum exemplo de, vamos dizer assim, união. Tenho uma história muito maior pra contar do que ele”, acrescenta Zezé, em outro momento.

Ao dar um tempo na dupla, Zezé diz que viu “a chance de fazer um projeto meu, pessoal”. O tal projeto se materializou em plataformas de áudio, com o lançamento do álbum “Pai & filha”, que traz duetos inéditos entre Zezé e Wanessa Camargo. É esse, aliás, o mote principal da série da Netflix, que desvela os bastidores das gravações do disco, com participações de nomes como Léo Santana e Papatinho.

Mas não só isso. O que sobressai na tela, a rigor, são os altos e baixos de uma família que, sim, se ama — e que também discute, discorda, briga… “Acho que os problemas já estavam praticamente resolvidos, né?”, diz Zezé, fazendo Wanessa levantar as sobrancelhas e balançar o dedo em sinal negativo. Aos risos, a filha interrompe o pai: “A gente discorda o tempo inteiro!

Na produção para o streaming, estão lá (quase) todas as controvérsias e crises em família. Wanessa dá detalhes sobre as crises de pânico e TOC que enfrenta, além de se emocionar ao falar sobre o aborto espontâneo sofrido neste ano. Zezé comenta acerca da relação com a mulher Graciele Lacerda e fica frente a frente, pela primeira vez em muitos anos, com a ex-mulher Zilu Godoi, com quem mantém relação pouco amigável — ambos travam uma batalha judicial pela partilha de bens.