Destaques Entretenimento

5º FNTPassos vai acontecer em três cidades

10 de julho de 2021

Foto: Divulgação

A programação do 5º Festival Nacional de Teatro de Passos e região já está disponível e acontece de 18 a 25 de julho de 2021, sendo que nesta edição a programação vai contar com atividades em três cidades: Passos, Alpinópolis e Delfinópolis, no Recanto Ecológico Vale do Céu.

De acordo com o coordenador Geral do evento, o diretor teatral Maurílio Romão, nesta edição, a programação contará com a exibição de 14 espetáculos online, no canal do Youtube do Festival e também no Instagram do festival. “Todos os espetáculos contarão com um bate papo no instagram do festival, com os jurados e o público”, informou Romão.

Além do online, contou a produtora do festival, Isabella Vieira, que haverá três apresentações Drive-Thru, com cenas de artistas locais que acontecerão em pontos específicos da cidade. O público assistirá aos espetáculos de dentro de seus carros e deverá fazer o agendamento de acordo com a disponibilidade pelo whatsapp (35) 3021-3606.

Além dos espetáculos, o FNTP contará com dois grandes nomes do teatro nacional para ministrar oficinas, que são Tonico Pereira e Zé Celso Martinez Corrêa. Tonico Pereira, com mais de 50 anos de carreira profissional, teve suas primeiras experiências como ator no grupo Laboratório de Teatro, na UFF, em 1968. Sua imagem popularizou-se com o personagem Zé Carneiro, no seriado “Sítio do Pica-Pau Amarelo”, entre 1977 e 1985. De 2002 a 2014, interpretou o Mendonça em “A Grande Família”.

No teatro, venceu diversos prêmios de melhor ator, em espetáculos como “Prometeu Acorrentado”, “Afinal uma mulher de negócios”, “O Avarento”, “Beijo no Asfalto”, “A volta ao lar” e “O homem travesseiro”. Para comemorar os 50 anos de carreira, em 2017, estreou o aclamado monólogo “O Julgamento de Sócrates“, adaptação da obra de Platão. José Celso Martinez Corrêa, natural de Araraquara, São Paulo é diretor, autor e ator.

Destacado encenador da década de 1960, inquieto e irreverente, líder do Teatro Oficina. Nos anos 1970, vivencia todas as experiências da contracultura, transformando-se em líder de uma comunidade teatral e das montagens de suas criações coletivas. Sua presença e atuação contribuem com a história do teatro nacional, influenciando gerações. Realizado desde 2017 pela Associação de Desenvolvimento Cultural Regional (Adesc), esta edição conta com parceria da Prefeitura Municipal de Passos e Prefeitura Municipal de Alpinópolis.