Destaques Educação

Ufla anuncia aulas em Paraíso no 1º semestre de 22 com seleção pelo Sisu

8 de julho de 2021

Foto: Divulgação

S. S. PARAÍSO – A Universidade Federal de Lavras (Ufla) confirmou o início das aulas no Campus de São Sebastião do Paraíso para o primeiro semestre de 2022. O anúncio foi feito pelo reitor João Chrysóstomo de Resende Júnior durante live na tarde desta quarta-feira, 7, com a participação do secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Wagner Vilas Boas de Souza, e as presenças do presidente do Sebrae Nacional, ex-deputado federal Carlos Melles, do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antonio Carlos Arantes, do prefeito de Paraíso, Marcelo Morais, do vice-prefeito, Daniel Thales, di presidente da Câmara, Lisandro Monteiro, e dos vereadores Luiz de Paula e Vinício Scarano.

Não teremos vestibular, a seleção para os cursos em Paraíso será pelo Sistema de Seleção Unificado do MEC, o SISU, utilizando a nota do Enem”, pontuou o reitor. Além da confirmação do início das aulas, a reunião remota organizada pela UFLA, foi marcada por uma série de importantes decisões em favor do efetivo funcionamento do campus universitário federal em Paraíso.

Na oportunidade o secretário Wagner Vilas Boas confirmou que o ministro da Educação, Milton Ribeiro, já assinou a portaria abrindo códigos de vagas para a admissão de professores, tanto para o Campus de Lavras, como também para atender a totalidade da necessidade para o funcionamento do Campus Paraíso, que já tem 13 vagas preenchidas e terá mais 66 professores contratados.

Estamos atendendo uma solicitação do Carlos Melles e do reitor João, eles estão muito presentes no MEC nos cobrando uma solução. Desde 2016 estou trabalhando em favor deste campus e certamente agora iremos muito em breve inaugurar esta importante conquista para a educação regional”, disse o secretário de Educação Superior.

Esta tem sido uma luta muito grande, será a maior conquista de nossa história, e no momento nosso agradecimento ao ministro Milton Ribeiro e ao secretário Wagner, que ao lado do reitor João Chrysóstomoestão somando forças para concluímos esse sonho da nossa universidade federal na região de Paraíso, que irá elevar o nível intelectual e abrir oportunidades, especialmente para os jovens”, disse Carlos Melles.

Temos que comemorar e agradecer. Estou muito feliz, quero cumprimentar o Melles por este projeto e o reitor João pela garra e tocar este sonho pra frente”, pontuou Antonio Carlos Arantes.

Outra pauta importante no encontro remoto foi a solicitação junto ao presidente da Câmara, Lisandro Monteiro, para a alteração na Lei Municipal 4789 de 2018, que dispõe sobre a cessão da área doada para a Universidade mediante efetivo funcionamento dos cursos, o que foi comprometido em função de problemas técnicos com uma das construtoras e a pandemia.

Neste sentido, em entendimento a pedido do prefeito Marcelo Morais, a Universidade irá formalizar a alteração, detalhando o cronograma de funcionamento do Campus em Paraíso.

Peço que encaminhe a minuta com as justificativas, a Prefeitura dará o encaminhamento. Temos um trabalho bom com a Câmara para fazer as coisas andarem”, disse o prefeito.

Temos uma palavra: gratidão. Agradecer ao Scolforo, ao Melles, e agora ao reitor João. A Câmara desde o primeiro momento esteve junto, votamos rapidamente em duas sessões extraordinárias o que a universidade precisou”, disse Lisandro.

Pela Ufla participaram também o vice Reitor, professor Valter Carvalho de Andrade Júnior, o pró-reitor de Planejamento, professor Márcio Ladeira, e o diretor do Instituto de Ciência, Tecnologia, e Inovação (ICTIN), Professor Fernando Ferrari, que responde pelo Campus Paraíso.