Destaques Educação

Senai Minas tem mais de cinco mil vagas abertas para cursos técnicos

18 de fevereiro de 2021

Com oferta ampla, as vagas abrangem 24 áreas diferentes da indústria, que vão desde confecção a mecatrônica. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – Desenvolvido de acordo com as demandas da indústria, o Senai Minas Gerais está com mais de cinco mil vagas abertas para cursos técnicos nas mais diversas áreas em todo o estado. A preparação voltada para a prática é uma porta de entrada para o mercado de trabalho. Os cursos têm duração de 18 meses e os interessados devem estar matriculados ou ter concluído o Ensino Médio ou a Educação de Jovens e Adultos (EJA). As matrículas para as turmas do 1º semestre podem ser feitas até 26 de fevereiro.

Com oferta ampla, as vagas abrangem 24 áreas diferentes da indústria, que vão desde confecção à mecatrônica. A carga horária é 1.200 horas e as mensalidades estão na média de R$398, dependendo da área. Não existe prova de seleção, serão classificados os inscritos dentro do limite de vagas. Os cursos têm como objetivo proporcionar competências que combinam a teoria e as práticas específicas de cada área de atuação, com atividades que simulam a vivência na indústria, dando mais segurança para exercer a profissão.

Estudante do curso de técnico em mecânica, Nikolas Resende Costa viu no Senai uma oportunidade de aperfeiçoar seus conhecimentos para ter uma oportunidade melhor de trabalho.

Eu fiz o curso de aprendizagem em usinagem mecânica, aprendi bastante, e vendo o conhecimento que os professores têm eu quis me qualificar mais nessa área, então eu escolhi o curso de técnico em mecânica para aperfeiçoar o meu conhecimento”, contou.

Para o diretor e superintendente regional do Senai de Minas Gerais, Christiano Matos Leal, a formação técnica é um grande diferencial para construção de uma carreira sólida dentro da indústria, justamente por ter um conteúdo mais prático, fazendo com que o profissional chegue mais pronto ao mercado de trabalho.

Atualmente nós temos uma grande escassez de profissionais técnicos qualificados no mercado, o que aumenta ainda mais a empregabilidade desses alunos. É importante a gente reforçar que fazer um curso técnico não inviabiliza que a pessoa ingresse também em um curso superior posteriormente, já que a formação técnica tem o foco muito grande no conhecimento prático que as graduações não têm, sendo, portanto, ações complementares”, afirmou.

Ele destacou ainda que a decisão de fazer um curso técnico é uma ótima opção para quem quer ingressar rapidamente no mercado de trabalho, ou mesmo aqueles que querem mudar de área de atuação. O grande diferencial da formação é o baixo custo e rápida possibilidade de se conectar à profissão, com conteúdos práticos e totalmente alinhados ao mundo do trabalho. O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis e valores das mensalidades para cada município, dentre outras informações, estão disponíveis no site do Senais Minas Gerais.