Destaques Educação

Passos deve retomar aulas presenciais a partir de agosto

Por Gabriella Alux / Redação

3 de julho de 2021

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – A Prefeitura de Passos autorizou a retomada das aulas presenciais na rede pública de ensino. Novo decreto divulgado nesta sexta-feira prevê o retorno gradual das aulas presenciais e a expectativa, de acordo com a Secretaria de Educação do município, é que a retomada deve ocorrer em agosto. O decreto também libera música ao vivo em bares e restaurantes, com até três artistas, e mantém o horário de funcionamento dos estabelecimentos até as 22h.

A secretária de Educação, Jane Fernandes Hespanhol, disse que a volta às aulas acontecerá depois de vistorias técnicas feitas por uma comissão, composta por funcionários da pasta e da Secretaria de Saúde, que monitora o retorno das atividades presenciais. Segundo ela, as escolas apenas serão consideradas aptas ao retorno após uma vistoria minuciosa em relação ao cumprimento dos protocolos sanitários e que, apesar do Estado ter noticiado a liberação, um cronograma de ações será organizado para que o retorno aconteça de forma híbrida somente em agosto.

Na última quinta-feira, o governo de Minas divulgou decisão do Comitê Extraordinário Covid-19, grupo de trabalho que acompanha a pandemia no estado, sobre a aprovação do retorno das atividades escolares para cidades que estiverem na onda vermelha do Minas Consciente.

Será, primeiramente, refeita a pesquisa para ter uma noção da quantidade de alunos que têm o interesse de estudar de forma presencial. Na semana que vem, já teremos um cronograma de ações para divulgar. Por isso, até o momento, a permissão para o retorno que consta no decreto é apenas para começar a organizar e providenciar o ensino híbrido para o próximo mês”, esclarece a secretária.

No decreto consta que, além da rede pública, as escolas particulares e cursos livres também tem a permissão de retornar de forma presencial seguindo os horários normais de funcionamento e desde que sejam cumpridas as regras mais rígidas de distanciamento. A escola somente poderá funcionar com a aprovação do Comitê de Assessoramento para Acompanhamento e Execução do Plano Municipal de Prevenção e Contingenciamento em Saúde da Covid-19.

A prefeitura também liberou os serviços de entretenimento simplificados, como voz e instrumento musical. As apresentações de música ao vivo estão limitadas à participação máxima de três integrantes ou utilização de sonorização mecânica. O setor de alimentação também poderá funcionar diariamente, com atendimento presencial e consumo no local até as 22h. Após esse horário, o funcionamento de bares, restaurantes e similares é permitido apenas por sistema de entrega em domicílio.

De acordo com o secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Sandro Marques, o horário para o setor de alimentação não foi estendido devido a atual situação da covid em Passos.

Ainda precisamos tomar cuidado com os números. Por isso, em razão dos níveis de infecção por covid-19, não dá para liberar por completo”, declarou Marques.

Na última terça-feira, após uma manifestação feita por músicos, artistas e empresários solicitando que o horário de funcionamento fosse estendido, o prefeito Diego Oliveira se reuniu com representantes dos manifestantes. Na ocasião, a empresária Aline de Oliveira Moraes, que estava presente na reunião, relatou que a nova definição de horário limite dependeria da evolução dos casos de covid em Passos.