Destaques Educação

Governo de Minas nomeia 180 docentes na Uemg; Passos terá 23

10 de julho de 2021

Foto: Helder Almeida

PASSOS – O governador de Minas Gerais Romeu Zema publicou, na edição de quinta-feira, 8, do Diário Oficial do estado, a nomeação de 180 docentes aprovados em concursos públicos na Universidade do Estado de Minas Gerais. Os atos eram aguardados desde o último dia 17 de junho, quando o governador anunciou a autorização para nomear os professores. As nomeações são relativas a concursos anteriores da universidade, de 2014, 2018 e 2019. Deste número 23 docentes são para a Unidade Passos.

De acordo com o funcionário da Uemg Passos Thales Antonelli, responsável pela Gestão Docente, a unidade contava até quinta-feira com 291 professores dos quais 215 são designados por meio de Processo Seletivo Simplificado (PSS), 29 são convocados por concurso e 47 são efetivos. Com relação aos valores salariais, Antonelli explicou que a diferença é de centavos, mas a vantagem com relação aos efetivos é pela estabilidade e também por terem direitos à promoção por desempenho.

Os cargos de 40 horas em PSS recebem R$4.636,02 com Mestrado e R$6.804,04 com Doutorado. Já os concursados recebem salários iniciais para as mesmas 40 horas com Mestrado R$4.631,07 e com Doutorado R$6.803,97”, disse.

Ainda conforme o terceirizado, na próxima segunda-feira, 12, os documentos já deverão ser encaminhados a Belo Horizonte e a posse ainda não está definida. Na Universidade, a notícia foi comemorada por toda comunidade acadêmica. Para a Reitora, professora Lavínia Rosa Rodrigues, “essa é a concretização de vários sonhos, que além de trazer estabilidade ao corpo docente, amplia a consolidação da Uemg como uma instituição de ensino superior público de qualidade, fortalece a produção de pesquisas que impactam diretamente a sociedade e dá condições para que os docentes desenvolvam atividades de extensão, que também são voltadas ao atendimento da comunidade onde a Uemg está presente”, destacou.

Segundo o Secretário-Geral do Governo de Minas, Mateus Simões, “essa ação demonstra mais uma vez o compromisso do Estado com a Educação. Mesmo em meio a uma crise fiscal, não deixamos de fazer esforços na busca de aumentar nossas possibilidades de investimentos e conseguimos viabilizar essas nomeações que vão fortalecer ainda mais o trabalho realizado pela Uemg”, pontuou.

Nos últimos dois anos, foram nomeados 470 docentes para a Uemg. Para a Reitora Lavínia, esta “é uma clara sinalização do Governo de reconhecimento da importância da educação pública. São conquistas muito importantes que devemos celebrar”, ressaltou a reitora.