Destaques Educação

Duas cidades da região participaram do Comitê Estadual do Prêmio Gestão Escolar 2020

11 de novembro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

Passos – A Pré-Escola Municipal (PEM) Professora Ana Maria Ribeiro, de Passos, e o Centro Educacional Alcides de Paula Braga, de Monte Santo de Minas estão entre as 42 escolas participantes do Comitê Estadual para o Prêmio Gestão Escolar 2020. Em Passos, de acordo com Giseli Barbosa de Melo Barbara, diretora da PEM Ana Maria Ribeiro, é a segunda vez que a unidade é selecionada para representar a regional de ensino.

O Prêmio Gestão Escolar acontece todo ano e todas as escolas têm a oportunidade de participar. Em 2015, concorremos com um projeto de educação ambiental e, em 2020, apresentamos as estratégias para enfrentar os desafios do ensino remoto. Criamos e inscrevemos o trabalho “Criança em Foco”. O desenvolvimento desse projeto teve um resultado bastante satisfatório, onde quase todas as crianças demonstraram estar mais à vontade e participativas no contexto das aulas remotas, e ainda se sentido mais próximas com as educadoras e demais alunos”, declarou Giseli.

O projeto ‘Criança em Foco’ surpreendeu a todos, pois cumpriu o propósito de aproximar as famílias e a escola neste tempo de pandemia. A proposta é que cada criança grave um vídeo contando um pouco da sua autobiografia e todas curtiram a ideia de gravar e apresentar no grupo da sala e, posteriormente, no Facebook da escola. Com isso, é muito importante salientar que nossa inscrição foi muito estimulada pela Zinete, que acreditou no potencial do nosso trabalho e nos impulsionou a participar”, comenta.

As atividades remotas foram ministradas com videoaulas gravadas pelo professor regente de turma, de abril a junho. As professoras eventuais preparam duas histórias e duas poesias por semana. As crianças têm uma aula de educação física semanal, ministradas pelo professor especialista e são muito aguardadas. Com frequência, é proposto um jogo ou brincadeira com material reciclável de fácil acesso para a família”, disse.


Monte Santo de Minas

O Centro Educacional Alcides de Paula Braga, de Monte Santo de Minas, além de ser uma das 42 escolas participantes do Comitê Estadual para o Prêmio Gestão Escolar 2020, também é referência na Superintendência Regional de Ensino (SRE) de São Sebastião do Paraíso, entre as 47 escolas de Minas Gerais. Sobre a participação no Comitê, Elisete da Silveira Silva, diretora pedagógica do Centro Educacional Alcides de Paula, afirma que foi informada e incentivada pelo secretário de educação Pedro Roberto da Silveira.

Após participarmos de várias capacitações online e reuniões com o secretário de Educação e equipe, produzimos a nossa proposta de ensino remoto para o ensino fundamental I (de 1 a 5 anos), de acordo com a nossa realidade e prioridade de nossos alunos. Com isso, acreditamos que estamos fazendo um ótimo trabalho no ensino remoto e por conta disso, creio que fomos selecionados”, disse.

As estratégias reproduzidas por Elisete foram de criar grupos no WhatsApp, cada professora com sua turma, e fazer uma rotina diária com horários e aulas adaptadas ao ensino remoto.

Além disso, produzimos nosso próprio material, que chamamos de kit pedagógico, e criamos uma plataforma para que os pais tivessem acesso às aulas e ao material. Com isso, tivemos a preocupação de garantir que todos os alunos recebessem o kit pedagógico, até mesmo os da zona rural, e entregamos o kit alimentação para todos”, comentou.

A partir deste projeto, foi criado o grupo “Parceiros da Educação” com o secretário de Educação, secretária da Assistência Social, representantes da Saúde e do Conselho Tutelar, diretores e especialistas para encaminhar e acompanhar em caso de difícil acesso, comunicação, falta de devolutiva dos alunos, dificuldades dos pais e responsáveis, com o objetivo de ajudar com intervenções adequadas e necessárias.

Ao todo, 979 escolas estaduais mineiras finalizaram as inscrições. Com este quantitativo, Minas é o estado com o maior número de instituições municipais e estaduais de ensino regular cadastradas na iniciativa. Em todo o país, quase seis mil unidades de ensino participaram.