Destaques Política

Walkinho anuncia que não vai concorrer à reeleição em 2020

14 de agosto de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

S. S. PARAÍSO – O prefeito de São Sebastião do Paraíso, Walker Américo Oliveira (PTB), por meio de sua página em rede social, anunciou na noite de quarta-feira que não vai concorrer à reeleição no pleito eleitoral deste ano.
Walkinho informou que a decisão foi tomada em conjunto com sua família e que, com absoluta tranquilidade, anunciava que não seria mais candidato a prefeito. “Não foi uma decisão fácil, mas nestes últimos meses quero fechar com chave de ouro a minha administração”. Inicialmente, ele agradeceu a sua eleição, disse que para sempre será grato a cada um daqueles que “estiveram junto comigo nesta luta diária, acreditando na recuperação da administração municipal e na construção de um novo projeto para São Sebastião do Paraíso”.

O prefeito lembrou das dificuldades que encontrou ao assumir a administração, superando situações dramáticas de dívidas do município, falta de pagamento de servidores e fornecedores. O prefeito lembrou que mesmo agora, diante das dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, está implementando diversas obras na cidade, distritos e zona rural do município.

Ele agradeceu aos companheiros da administração, aos servidores e “aos poucos vereadores” que o apoiaram. Disse esperar que o seu sucessor dê continuidade ao trabalho iniciado e aos grandes feitos de sua gestão, como o campus da Universidade Federal de Lavras, à unidade do Sesc, ao asfalto da Guardinha e outras pavimentações na cidade toda. “Não serei candidato nestas eleições, mas estejam certos que as lutas, as experiências, as conquistas que alcançamos nestes últimos tempos jamais sairão de minha mente e de meu coração”.

Walkinho assumiu o Executivo após a renúncia do ex-prefeito, Remolo Aloíse, em meio ao processo eleitoral de 2016. Na ocasião, o então presidente da Câmara, Jerônimo Aparecido, renunciou à presidência, abrindo, assim, uma eleição indireta. Walkinho venceu o pleito contra José Luiz Corrêa (PT), assumindo, até dezembro de 2016, o Executivo municipal, fato que se repetiu nas urnas, cerca de quinze dias depois, garantindo ao empresário mais um mandato, que se encerra no dia 31 de dezembro de 2020.

Walkinho informou que a decisão foi tomada em conjunto com sua família. / Foto: Divulgação