Destaques Geral

Volume de exportações cai 35,59% na região

18 de abril de 2020

PASSOS — O volume de exportações feitas por municípios da região entre os meses de março e abril de 2020 ficou 35,59% menor em comparação ao mesmo período do ano passado. Segundo os dados do Comex Stat, o sistema para consultas do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em abril e março de 2019, o total exportado foi de US$30,48 milhões (FOB), enquanto que, nos mesmos meses de 2020, o resultado foi de US$19,63 milhões.

De acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais ((Fecomércio-MG), em vista da desaceleração da economia global, motivada pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus, a retração já era esperada em todo o país, e por este motivo, também deve permanecer nos próximos meses.

Em âmbito regional, Monte Santo de Minas apresentou a maior redução de transferências na modalidade FOB. Desta maneira, entre o terceiro e quarto mês de 2019, o total registrado foi de US$173,63 mil, porém, com uma queda de 85,04%, na atualidade, os números ficaram em US$25,96 mil.

Passos foi o segundo município mais prejudicado em relação às exportações. Na comparação entre os meses de março e abril de 2019, a queda foi de 84,91%, o que representa um déficit de US$3,24 milhões.

Ibiraci registrou baixa de 63,69% no comparativo ao ano passado, caindo de US$1,20 milhão para US$436,70 mil. Com o índice, a cidade está na terceira colocação, na região, com maior queda nas exportações.

A receita FOB para Piumhi, em março e início de abril de 2020, foi de US$4,70 milhões, o que corresponde a uma diminuição de 32,43% em relação aos mesmos meses de 2019, quando o valor foi de US$6,96 milhões.

No caso de São Sebastião do Paraíso, a diferença é de 25,2%, o que representa US$4,61 milhões, uma vez que, em março e abril do no ano passado, as transferências FOB foram equivalentes a US$18,29 milhões, e no mesmo período de 2020, o resultado é de US$13,68 milhões.

Com aumento de 758,45%, Claraval foi a única cidade na região que apresentar dados positivos no Comex Stat. Neste caso, foram US$ 23,60 mil acumulados em março e abril de 2019, ante US$202,60 mil nos mesmos meses deste ano.

 

Free On Board (FOB)

 

A modalidade FOB é a mais comum no comércio internacional. Neste caso, muito utilizada em operações feitas por meio do transporte marítimo, o vendedor (exportador) é responsável por colocar a mercadoria a bordo do navio indicado pelo comprador, enquanto que, o indivíduo que realizou a compra responsabiliza-se pelo pagamento do frete e de todas as despesas para a retirada da mercadoria.