Destaques Política

Vereadores pedem informações sobre seguro de vida de servidores

22 de abril de 2021

Foto: Divulgação

C. R. CLARO – Os vereadores Wilber Pitol Moura e Cristian Reis Leandro enviaram à Prefeitura de Carmo do Rio Claro um requerimento solicitando informações sobre a situação do contrato de seguro de vida destinado aos servidores municipais.


O que você também pode ler neste artigo: 

  • Falta resposta
  • Medida Provisória

No documento, eles questionam se o contrato foi rescindido. Caso a resposta seja positiva, pedem que a prefeitura esclareça o motivo da não renovação e a data do distrato. Também perguntam se existe previsão para uma nova tratativa e o valor mensal e anual do último seguro de vida contratado.

O vereador Wilber informou que chegou ao seu conhecimento o fato de que um servidor municipal faleceu recentemente e, ao procurar o seguro, a família foi informada de esse teria sido cancelado. O vereador disse que aguarda as informações da Prefeitura sobre o ocorrido e que, sendo verdade, lamenta muito a falta de diálogo com os servidores, ainda mais em um momento de pandemia.

O vereador Cristian da Ambulância informou que esteve com o Prefeito Filipe Carielo na última sexta-feira (16) e esse já estava com um projeto pronto para enviar à Câmara sobre o tema. O vereador inclusive solicitou a inserção do projeto na pauta para ser distribuído às comissões. O Projeto de Lei 019/2021 autoriza o chefe do poder a instituir seguro de vida e de acidentes de trabalho para servidores efetivos, comissionados e contratados de forma própria ou por meio de seguradora.

Apesar de o projeto enviado pelo Executivo tratar da retomada do seguro de vida para os servidores, não responde aos questionamentos dos vereadores sobre a atual situação do benefício. Por isso o requerimento foi aprovado e enviado à Prefeitura.


Falta resposta

O vereador Wilber Pitol Moura aproveitou o tema para pedir à Prefeitura que responda aos ofícios do Sindicato dos Servidores Municipais sobre a falta de pagamento de benefícios. Disse que eles foram enviados há mais de 60 dias e, até a última segunda-feira (19), não tinham obtido resposta.

O Sindicato dos Servidores Públicos é uma instituição que representa a classe. Que tenha mais respeito com o Sindicato e com os servidores”, disse o vereador.


Medida Provisória

O vereador José Joaquim Silva apresentou uma Moção de Protesto e Repúdio contra a Medida Provisória 1.031/2021 que tem como proposta a privatização da Eletrobras. Na oportunidade, solicitou aos demais vereadores que assinassem a nota com ele.